Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Lembranças escritas, lembranças deixadas...

Octaviano Armando Gaiarsa e seus cadernos de anotações


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

14/03/2014 | 07:00


Octaviano Armando Gaiarsa e seus cadernos de anotações. Tinha 19 anos. Estávamos em outubro de 1920. Ele continuava na Companhia de Cartuchos, seguindo de bicicleta para o trabalho. Monotonia. Não era o que queria. No entanto...

Nas anotações de hoje – 24-10-1920 – o jovem Gaiarsa abre-se para si próprio. Confessa amor à vida. Fala da classe trabalhadora. De religião. Um menino, ainda. Todos queriam que ele fosse médico. E foi.

CORAÇÃO ABERTO

Texto: Octaviano Gaiarsa

Presentemente, posso definir-me assim: sou um indivíduo que me entusiasmo com qualquer coisa. Penso em um milhão de coisas durante o dia. Começo e faço pouco do que penso.

Os trabalhos manuais me interessam muitíssimo e se deles não tomo parte, é por diversas causas:

Os que me conhecem diriam: por que está trabalhando aquele filho de industrial? Ele não precisa! Só os pobres têm direito de trabalhar entre os pobres.

Meu pai mesmo se oporia a isso, como todos os meus parentes, pois só esperam que eu seja médico.

O trabalho manual me faria largar os estudos e parece-me que nasci só para isso.

Tenho esperança de viver bastante, não por ter medo da morte mas pelo amor que tenho à vida. Quero vive-la, ausculta-la, senti-la, desenvolver bastante.

Tenho horror às convenções sociais e ao luxo. Admiro mais a simplicidade e espontaneidade sã da gente trabalhadora. Quisera que todos soubessem mais ou igual ao que eu sei.

A religião Católica Apostólica Romana é a minha. Nela nasci por favor de Deus. Espero não me afastar dela até o último instante. (continua)

NOTA DA MEMÓRIA – Octaviano Gaiarsa faria tanta coisa mais desde então. Médico formado, teria consultório próprio e trabalharia em várias repartições, inclusive em sindicatos de trabalhadores.

Conservador, era respeitado por todos, inclusive pela esquerda. O também saudoso Philadelpho Braz, de formação revolucionária, falava sempre com carinho e respeito do bom Gaiarsa.

Médico exemplar, sim, mas quantos ofícios mais. A fotografia, outra das suas paixões. Quantas imagens deixadas. Vejam a foto de hoje. Ele ao lado de Florence – outro mestre da fotografia, como ele, fundador do Câmera Clube de Santo André. Dando boas marteladas. Enviando recado para o futuro que chegou.

SANTOS DO DIA

- Afrodisio

- Eutíquio

- Matilde. Viveu entre os anos 895 e 968. Foi casada com o rei da Germânia, na Alemanha. Considerada benemérita

- Antonio de Categeró. Franciscano da Ordem Terceira

EM 14 DE MARÇO DE...

1914 – Faustino Bovi nasce em Pedreira (São Paulo), neto de Emílio Bovi, que trouxe sua família para Santo André em 1917. Os Bovi instalaram, no início dos anos 1920, a escolinha pioneira da área do Jardim Stella, junto à Avenida Pereira Barreto.

1929 – Médico Nelson Colleoni nasce em Santo André. Um dos principais colaboradores que esta página Memória já teve.

1939 – Cineasta Glauber Rocha nasce em Vitória da Conquista (Bahia).

1949 – Câmara de São Bernardo aprova o nome de Antonio Pessotti, proposto pelo prefeito José Fornari, para ser o primeiro subprefeito do Distrito de Riacho Grande.

1969 – Eugênio Rocco Sobrinho assume a presidência da Comissão Central de Esportes de Santo André, com Richard Nassif de vice e Lucio Ramos Alvarez como secretário.

MUNICÍPIO PAULISTA - Batatais. Criado pela lei provincial de 14-3-1839, quando se separa de Franca.

HOJE

- Dia das Sociedades Amigos de Bairro do Estado de São Paulo

-Dia Nacional da Poesia. Para lembrar o nascimento do poeta Castro Alves, ocorrido, em Muritiba (Bahia), em 14-3-1847.

- Dia do Vendedor de Livros

- Dia Mundial da Luta contra as Barragens e em Defesa dos Rios, da Água e da Vida.

A Propósito do Dia da Poesia – Dalila Teles Veras e Antonio Possidonio Sampaio compareciam à Redação do Diário. Uma entrevista era realizada, em 1984: “A nova poesia busca seus alto-falantes”.

DIÁRIO HÁ 30 ANOS

Quarta-feira, 14 de março de 1984 – ano 26, nº 5468

Manchete – Mutuário tem mais uma opção: 80% do mínimo sem resíduo. BNH anunciava nova opção de reajuste para os mutuários da casa própria.

Movimento estudantil – Curso de Comunicação do Instituto Metodista de Ensino Superior, a Metodista de São Bernardo, estava interrompido: 1.500 alunos e 64 professores parados, com invasão da faculdade.

Óbito – 1 – Jorge Andrade, dramaturgo, morre aos 62 anos. Foi consultor cultural da Prefeitura de São Bernardo no governo Tito Costa.

Óbito – 2 – Corpo do jovem Gilberto, ex-Diário, resgatado por helicóptero da Serra do Mar.

* Ademir Medici é jornalista e autor de livros sobre a memória do Grande ABC

FALECIMENTOS

HISTÓRIA ATINGIDA

Da série de túmulos arrombados no Cemitério de Vila Euclides, o da Família Mario Scopel. Ao fundo, a capela do cemitério.

SANTO ANDRÉ

Darcy Volpin, 83. Natural de São Paulo (SP). Dia 11. Cemitério Cristo Redentor, Vila Alpina.

Manoel Alves dos Santos, 75. Natural de Cedro de São João (SE). Dia 8. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Osório de Lima, 68. Natural de Pompéia (SP). Dia 7. Memorial Jardim Santo André.

Alice Maria Souza de Paulo Geraldo, 63. Natural de Ribeirão Preto (SP). Dia 8. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Raimundo Moreira, 62. Natural de Pereira Barreto (SP). Dia 8. Cemitério Cristo Redentor, Vila Pires.

Valdir Modesto de Abreu, 61. Natural de Luiz Antonio (SP). Dia 10. Cemitério São Pedro, Vila Alpina.

Jair Estradiote, 45. Natural de João Ramalho (SP). Dia 1º. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

José Luiz Garcia Fuentesal, 41. Natural de Santo André. Dia 24 de fevereiro. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Icara Augusta Barros Gomes da Silva, 40. Natural de Recife (PE). Cabeleireira. Dia 18 de fevereiro. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Ednei Stefanin, 35. Natural de São Paulo (SP). Dia 5. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Carel Ramos Monarin, 26. Natural de São Bernardo. Técnico gastronômico. Dia 22 de fevereiro. Cemitério Sagrado Coração de Jesus, Camilopolis.

Jefferson Deleon Querino de Morais, 23. Natural de São Paulo (SP). Entregador de pizza. Dia 20 de fevereiro. Cemitério São Pedro, Vila Alpina.

Rodrigo Gabriel Mantovani, 21. Natural de São Bernardo. Mensageiro. Dia 28 de fevereiro. Cemitério Cristo Redentor, Vila Pires.

Wendel Mario Vasconcelos de Souza, 20. Natural de Santo André. Dia 1º. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

Fernando Amaelo Onwuatu, 18. Natural da Nigéria. Dia 2. Cemitério São Pedro, Vila Alpina.

Rodrigo Santos da Silva, 17. Natural de Santo André. Estudante. Dia 22 de fevereiro. Cemitério Nossa Senhora do Carmo, Curuçá.

SÃO BERNARDO

Odovaldo Antonio Bueno, 89. Natural de São Bernardo. Dia 10. Cemitério de Vila Euclides.

Elizabete Aparecida Sbardelini Andreone, 58. Natural de Jaú (SP). Balconista. Dia 11. Jardim da Colina.

Roberta Dias Moscatello, 30. Natural de Diadema. Auxiliar administrativo. Dia 18 de fevereiro. Cemitério da Paulicéia.

João Victor Alves Santos, 21. Natural de Diadema. Dia 20 de fevereiro. Jardim da Colina.

Deivid Carlos Lourenço, 17. Natural de São Bernardo. Dia 28 de fevereiro. Cemitério do Baeta.

DIADEMA

José Aristides Cândido, 75. Natural de Mata Grande (AL). Dia 6. Cemitério Municipal.

Vanda de Fátima Rita Firmino, 56. Natural do Estado de São Paulo. Dia 7. Cemitério Municipal.

Karina Luiza do Espírito Santo, 25. Natural de Diadema. Dia 6. Cemitério Municipal.

MAUÁ

Maria Rodrigues Pereira, 80. Natural de Luislandia (MG). Dia 9. Vale dos Pinheirais.

Cleonaldo Gomes da Silva, 48. Natural de Santo Antonio da Platina (PR). Dia 7. Cemitério Santa Lídia.

César Miranda Lopes, 24. Natural de Mauá. Dia 8. Cemitério Santa Lídia.

Danilo de Oliveira Silva, 16. Natural de Mauá. Dia 9. Cemitério Santa Lídia.

Serviços Funerários: Santo André – 4433-3544; São Bernardo – 4330-4527; Diadema – 4056-1045; Mauá – 4514-7399; Ribeirão Pires – 4828-1436; Rio Grande da Serra – 4820-4353.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;