Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Obama tentará ampliar pagamento de hora extra



12/03/2014 | 01:38


O presidente dos EUA, Barack Obama, deve pedir uma mudança de regra na quinta-feira que exigirá aos empregadores pagarem hora extra a um maior número de trabalhadores assalariados, segundo duas pessoas com conhecimento do assunto.

Atualmente, muitos empresários não pagam hora extra a determinados trabalhadores se eles ganham mais de US$ 455 por semana, um nível que foi estabelecido em 2004 e alcança US$ 24.000 por ano. A Casa Branca deve direcionar o Departamento do Trabalho para elevar esse limite, mas ainda não está claro de quanto será o aumento.

Recentemente, Ross Eisenbrey, vice-presidente do liberal Instituto de Política Econômica, e Jared Bernstein, um ex-economista da Casa Branca, propuseram aumentar o limite para US$ 984 por semana, equivalente a US$ 50.000 por ano. "Isso significaria que entre cinco e dez milhões de pessoas seriam afetadas, mas eles podem escolher um número menor", disse Eisenbrey. Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;