Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André vacila e cede empate ao Capivariano no Interior

Time abre 2 a 0, mas permite igualdade em partida que, segundo dirigente, foi a melhor do ano


Marcela Munhoz
Do Diário do Grande ABC

16/02/2014 | 07:00


A promessa era não se acomodar e provar que os últimos resultados, incluindo a goleada sofrida em casa por 5 a 1 contra a Ferroviária, foram acidentes de percurso. Porém, o Santo André bobeou e voltou com mais um empate (2 a 2), desta vez com o Capivariano pela sétima rodada do Campeonato Paulista da Série A-2. O placar deixou o time na nona colocação com dez pontos.

Apesar do empate, o assessor da presidência, Carlos Arini, acredita que esta foi a melhor exibição do time na temporada. “O resultado foi injusto, já que fizemos bela partida com várias oportunidades”, declarou Carlito, ressaltando que agora o foco do grupo é o confronto de quarta-feira, às 15h, contra o Mirassol, no Bruno Daniel. “Nosso objetivo é estar no G-4 novamente.”

O JOGO

A partida no Estádio Carlos Colnaghi, em Capivari, foi disputada, marcada por lances polêmicos e muita reclamação por parte do Capivariano. No comecinho do jogo, Petterson quase abriu o placar de cabeça para o Leão. Logo depois, foi a vez de Ramalho tentar.

Aos 11 minutos, o goleiro Saulo defendeu chute de Éverton, que tinha como destino o ângulo. Em seguida, Silas também perdeu boa oportunidade de começar a brincadeira.

O primeiro gol saiu aos 16 minutos dos pés de Alisson. Após defesa do goleiro Wanderson, o jogador do Santo André aproveitou a sobra e tocou para estrear o placar.

Com a torcida a favor, o Capivariano tentou dar o troco com Silas, aos 35, mas a bola só passou por cima do travessão do gol de Saulo.

O Ramalhão, então, aproveitou a máxima de quem não faz toma. Como resultado de rápida jogada de contra-ataque, aos 37 minutos Müller Fernandes aumentou a vantagem dos visitantes ao som de protestos de possível impedimento.

Na volta dos vestiários, tudo se inverteu. O Capivariano logo deixou sua marca. O zagueiro Hélio fez gol de cabeça após cobrança de falta: 2 a 1.

O Santo André ainda apresentou perigo em vários lances, mas aos 34 minutos, Alemão – que tinha acabado de entrar em campo – selou o destino da partida. Após troca de passes com João Victor e Silas, bateu forte no canto e igualou.

O Capivariano (vice-líder, com 14 pontos) enfrenta o Guaratinguetá, na quarta-feira, às 20h, em Capivari.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;