Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André arranca um ponto do Velo no Interior

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com um a menos, time segura o 0 a 0 e continua no G-4 do Campeonato Paulista da Série A-2


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

06/02/2014 | 07:00


Ufa! Com um a menos desde os 33 minutos do primeiro tempo, o Santo André segurou o empate por 0 a 0 com o Velo Clube, ontem à noite, no Estádio Benitão, em Rio Claro. Com o resultado, chegou aos oito pontos e segue no G-4 da Série A-2.

O técnico Roberto Fonseca propôs duas alterações no time titular. Entraram Jean e Élvis nos lugares de Diogo Orlando e Michael. E a equipe assimilou bem as trocas, tanto que iniciou a partida pressionando.

A primeira foi aos cinco minutos, em cobrança de falta de Müller: a bola bateu na barreira e sobrou para Jean, que chutou cruzado para grande defesa de Moisés. Na sequência, em carrinho desnecessário, Élvis recebeu cartão amarelo que mudaria o jogo. Aos sete e aos dez, Nunes e Müller ainda arriscaram, mas erraram.

A partida seguiu equilibrada no meio, com os times nervosos e arbitragem perdida. E aos 33, em jogada mais dura, Élvis recebeu o segundo amarelo e acabou expulso, para revolta andreense. Para piorar, no minuto seguinte Rayan cometou pênalti. Mas Leleco cobrou e Saulo salvou.

A última chance da etapa inicial foi ramalhina, em cobrança de falta de Renato Peixe que Moises espalmou.

A segunda etapa foi ataque do Velo contra defesa ramalhina. O time da casa partiu para cima e o Santo André jogava por uma bola. Aos sete, após cruzamento da direita, Tom desperdiçou a oportunidade.

O Ramalhão marcava atrás da linha do meio. O empate era bom a essa altura. E o nervosismo do adversário ajudava. Mas o time do Grande ABC poderia ter vencido. Aos 34, Jean pegou de fora da área e acertou a trave. Dois minutos depois, Gian arrematou no canto, mas ficou no quase.

Saulo celebra defesa de pênalti e revela estratégia

O Santo André teve dez heróis em campo ontem à noite, em Rio Claro, mas o principal deles foi o goleiro Saulo, que defendeu a cobrança de pênalti de Leleco aos 34 minutos do primeiro tempo, logo após a expulsão de Élvis. E, para efetuar a intervenção salvadora, o arqueiro usou tática que acabou dando resultado: posicionou-se mais para a direita e ofereceu o canto oposto para o batedor, justamente onde cobrou.

“Essa é uma estratégia que aprendi para tirar o batedor de sua zona de conforto e entrar na mente dele. É tudo tática para pegar”, revelou o camisa um, que agradeceu a Nunes, Michael e Renato Peixe, com quem treina cobranças de penalidade durante a semana. “Agora faltam 15 rodadas e é importante a moral que esse resultado dá para a gente. Precisávamos de um teste de fogo e suportamos bem”, concluiu Saulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;