Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão traça estratégia
de xadrez contra o Red Bull

Andréa Iseki/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe busca o xeque-mate para seguir entre
líderes do Campeonato Paulista da Série A-2


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

29/01/2014 | 07:00


Inteligência, perícia, estratégia, tática, precisão. Estas são algumas características de um jogo de xadrez, mas serão utilizadas pelo Santo André para buscar a segunda vitória no Campeonato Paulista da Série A-2, às 19h de hoje, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, diante do Red Bull. Aliás, a equipe campineira também iniciou o torneio com triunfo e, desta forma, quem vencer pode dormir na liderança da competição.

Costumeiramente, o Toro Loko faz grande investimento e, para não bater na trave novamente em 2014 – ficou sem o acesso nos dois últimos anos por detalhes –, aposta nas experiências de Fabiano Eller, Eder, Alan Dias, Bruno Formigoni, Henan, Leandro Love, entre outros nomes que fazem frente a Nunes, Ramalho, Michael, Renato Peixe, Marcinho Guerreiro, Saulo e os demais integrantes do elenco ramalhino. Desta forma, projeta-se um duelo decidido no detalhe.

“Eles têm equipe montada para brigar pelo acesso, como a nossa. Será como um duelo de xadrez: dois bons elencos, com físicos iguais. Temos de manter o espírito da estreia, consciente, porque partida assim não se tem muita oportunidade. Então, quando tiver, é para dar o xeque-mate”, explicou o meia Renato Peixe.

“Eles sempre montam times fortes, como a gente. Será um bom jogo e quem errar menos vai se dar bem”, emendou o lateral-direito Felipe Cordeiro, que defendeu o time de Campinas em 2013.

Depois de encarar um Guaratinguetá que ainda parecia estar em fase de montagem, o Santo André pega o Red Bull, mais bem preparado. Mas nem por isso o treinador ramalhino pensa em mudança de postura. “Quem subestima ou superestima se complica. Não tem fácil ou difícil no futebol, mas jogo jogado. Um dos líderes vai sair desse confronto e temos de agir de forma semelhante à estreia”, destacou Roberto Fonseca.

Sem Peixe na lateral, Alisson foi utilizado de maneira improvisada pelo comandante andreense. Para o duelo de hoje, porém, Julio Cesar pode ficar com a vaga. Do outro lado, na direita, Felipe Cordeiro está à disposição do treinador e disputa posição com Jean, que também fora improvisado na estreia.

“O Alisson atuou mais como terceiro zagueiro, apesar de ter chances de gol. Mas jogou marcando. Já o Julio traz mais qualidade ao apoio. Do outro lado, o Jean é jovem com saúde e vontade, enquanto o Felipe é especialista na posição. Independentemente das escolhas feitas, o primeiro passo é cumprir o que propusermos”, determinou Fonseca. 

Cordeiro tenta recuperar espaço no time

O lateral-direito Felipe Cordeiro foi um dos primeiros jogadores do elenco ramalhino a ter o contrato renovado pela diretoria para a temporada 2014. Prestigiado, tudo levava a crer que independentemente de contratações, o time seria ele e mais dez. Mas, durante a pré-temporada em Jacutinga (Minas Gerais), lesionou o músculo adutor da coxa direita e perdeu a estreia contra o Guaratinguetá.
 

Possivelmente de volta à equipe hoje, ele projeta recuperar seu espaço. “Estava muito confiante, mas no terceiro dia de treinos em Jacutinga me machuquei e perdi a fase preparatória e a primeira partida. Agora, se o treinador optar por mim, estou preparado”, disse o atleta, que participou normalmente do jogo treino contra o Juventus, na segunda-feira.

  

CARAVANA
Um ônibus sairá do Estádio Bruno Daniel rumo a Campinas às 15h30. Informações e reservas pelo telefone 97381-9751. O custo do transporte é R$ 20.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ramalhão traça estratégia
de xadrez contra o Red Bull

Equipe busca o xeque-mate para seguir entre
líderes do Campeonato Paulista da Série A-2

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

29/01/2014 | 07:00


Inteligência, perícia, estratégia, tática, precisão. Estas são algumas características de um jogo de xadrez, mas serão utilizadas pelo Santo André para buscar a segunda vitória no Campeonato Paulista da Série A-2, às 19h de hoje, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, diante do Red Bull. Aliás, a equipe campineira também iniciou o torneio com triunfo e, desta forma, quem vencer pode dormir na liderança da competição.

Costumeiramente, o Toro Loko faz grande investimento e, para não bater na trave novamente em 2014 – ficou sem o acesso nos dois últimos anos por detalhes –, aposta nas experiências de Fabiano Eller, Eder, Alan Dias, Bruno Formigoni, Henan, Leandro Love, entre outros nomes que fazem frente a Nunes, Ramalho, Michael, Renato Peixe, Marcinho Guerreiro, Saulo e os demais integrantes do elenco ramalhino. Desta forma, projeta-se um duelo decidido no detalhe.

“Eles têm equipe montada para brigar pelo acesso, como a nossa. Será como um duelo de xadrez: dois bons elencos, com físicos iguais. Temos de manter o espírito da estreia, consciente, porque partida assim não se tem muita oportunidade. Então, quando tiver, é para dar o xeque-mate”, explicou o meia Renato Peixe.

“Eles sempre montam times fortes, como a gente. Será um bom jogo e quem errar menos vai se dar bem”, emendou o lateral-direito Felipe Cordeiro, que defendeu o time de Campinas em 2013.

Depois de encarar um Guaratinguetá que ainda parecia estar em fase de montagem, o Santo André pega o Red Bull, mais bem preparado. Mas nem por isso o treinador ramalhino pensa em mudança de postura. “Quem subestima ou superestima se complica. Não tem fácil ou difícil no futebol, mas jogo jogado. Um dos líderes vai sair desse confronto e temos de agir de forma semelhante à estreia”, destacou Roberto Fonseca.

Sem Peixe na lateral, Alisson foi utilizado de maneira improvisada pelo comandante andreense. Para o duelo de hoje, porém, Julio Cesar pode ficar com a vaga. Do outro lado, na direita, Felipe Cordeiro está à disposição do treinador e disputa posição com Jean, que também fora improvisado na estreia.

“O Alisson atuou mais como terceiro zagueiro, apesar de ter chances de gol. Mas jogou marcando. Já o Julio traz mais qualidade ao apoio. Do outro lado, o Jean é jovem com saúde e vontade, enquanto o Felipe é especialista na posição. Independentemente das escolhas feitas, o primeiro passo é cumprir o que propusermos”, determinou Fonseca. 

Cordeiro tenta recuperar espaço no time

O lateral-direito Felipe Cordeiro foi um dos primeiros jogadores do elenco ramalhino a ter o contrato renovado pela diretoria para a temporada 2014. Prestigiado, tudo levava a crer que independentemente de contratações, o time seria ele e mais dez. Mas, durante a pré-temporada em Jacutinga (Minas Gerais), lesionou o músculo adutor da coxa direita e perdeu a estreia contra o Guaratinguetá.
 

Possivelmente de volta à equipe hoje, ele projeta recuperar seu espaço. “Estava muito confiante, mas no terceiro dia de treinos em Jacutinga me machuquei e perdi a fase preparatória e a primeira partida. Agora, se o treinador optar por mim, estou preparado”, disse o atleta, que participou normalmente do jogo treino contra o Juventus, na segunda-feira.

  

CARAVANA
Um ônibus sairá do Estádio Bruno Daniel rumo a Campinas às 15h30. Informações e reservas pelo telefone 97381-9751. O custo do transporte é R$ 20.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;