Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fiscalização inibe invasões de faixa em Mauá

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura começou ontem a aplicar multas em corredor para ônibus na Av.Barão de Mauá


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

28/01/2014 | 07:00


A presença maciça de agentes de trânsito inibiu invasões à faixa de ônibus da Avenida Barão de Mauá no primeiro dia de fiscalização. A via é a primeira de Mauá a contar com espaço exclusivo para o transporte coletivo. Desde ontem, o motorista de carro, moto ou caminhão que utilizar a pista durante o horário de restrição é multado em R$ 53,20 e recebe três pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Para garantir que o espaço não fosse utilizado de maneira irregular, a Prefeitura espalhou equipe de agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana a cada um dos cinco quilômetros da avenida. Mesmo com fiscalização intensa, o diretor de trânsito da cidade, Reinaldo dos Santos, esperava que o desrespeito fosse maior. “Nos primeiros 30 minutos de operação, houve mais invasões. Mas depois que os motoristas viram nossas viaturas, passaram a se manter na esquerda.”
Santos afirma que, nas proximidades do cruzamento com a Avenida Presidente Castelo Branco, há maior incidência de infrações. Isso porque a interseção já é próxima do Centro e concentra demanda de diversos bairros da cidade.

A equipe do Diário percorreu a avenida na manhã de ontem. Percurso de aproximadamente dois quilômetros foi feito em dez minutos. A pista destinada aos automóveis estava congestionada, enquanto a da direita fluía sem problemas. Durante o trajeto, sete invasões foram flagradas.

O motorista Quintino Pereira, 62 anos, foi um dos multados por trafegar na faixa exclusiva. Apesar de a avenida estar sinalizada há um mês, ele afirmou que não sabia da proibição. Pereira garante, no entanto, ser favorável ao novo modelo. “É bom, pois prioriza o transporte público. E agora que eu já aprendi, não vou mais passar por aqui.”

A coordenadora de vendas Clistia Azevedo, 33, também aprova a implantação do corredor. “Nos horários de pico, conseguimos economizar até 20 minutos de viagem”, comenta. A operadora de caixa Adriana Mendes, 21, também comemora a rapidez no trajeto. No entanto, ela cobra mais oferta de coletivos. “Não adianta o ônibus ter espaço livre se tem poucos veículos nas linhas”, critica.

Entre 5h e 8h, a faixa da direita é reservada para o transporte coletivo no sentido Centro. Na direção oposta, a restrição ocorre das 17h às 20h. Nos demais horários e aos fins de semana, a circulação é livre. A Prefeitura pretende levar modelo semelhante à Avenida Presidente Castelo Branco, que liga o Centro ao Jardim Zaíra. Ainda não há prazo para que a implantação seja feita.

Via exclusiva na D. Pedro I entra em funcionamento

A faixa de ônibus da Avenida Dom Pedro I, em Santo André, entrou em operação na manhã de ontem. A via tem espaço destinado exclusivamente aos coletivos de segunda a sexta-feira, das 6h às 10h, apenas na pista sentido Centro. Por enquanto, o período é de orientação, sem aplicação de multas para quem desrespeitar a sinalização.

Também estava prevista para começar ontem a via para o transporte público na Rua Carijós. O local, no entanto, ainda não foi sinalizado sobre a restrição. A faixa do meio, que divide as duas pistas, foi apagada e as placas que indicam o caminho exclusivo estão viradas para cima. O secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra, afirma que, tanto na Carijós quanto na Dom Pedro I, a principal sinalização é a de proibição de estacionamento. “Diferente das faixas do Centro, não estamos tirando espaço de circulação dos automóveis. A faixa ocupa o espaço dos carros que ficavam parados. Na prática, (o corredor) já está funcionando”. O titular da Pasta garante que as pinturas no solo devem ser concluídas até amanhã.

A previsão do secretário é que as multas nessas duas vias comecem a ser aplicadas somente em março. A cidade já tem faixas exclusivas em outros sete locais, nas avenidas Perimetral, Queirós dos Santos, Artur de Queirós e Firestone, além das ruas General Glicério, Siqueira Campos e Luís Pinto Flaquer. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;