Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Zé Celso Martinez
revive Cacilda Becker

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Com ingressos a partir de R$ 8, musical fica em
cartaz neste sábado e domingo no Sesc Sto.André


Vinícius Castelli

30/11/2013 | 07:00


E então chega o momento em que um palco se torna o espaço para vários outros palcos e faz reviver parte da história da dramaturgia brasileira. O Sesc Santo André recebe hoje e amanhã, a partir das 18h, o espetáculo Cacilda!!!! – A Fábrica de Cinema & Teatro, representado pela paulistana Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona. As entradas custam de R$ 8 a R$ 40 e podem ser compradas nas bilheterias da unidade ou pela rede IngressoSesc.

Com direção e dramaturgia assinada por José Celso Martinez Corrêa ao lado de Marcelo Drummond, o musical, inédito, presta homenagem à atriz Cacilda Becker e mergulha em sua vida na passagem dos anos 1940 para 1950, período em que ela viveu e respirou os ares do TBC (Teatro Brasileiro de Comédia).
 

O palco do TBC é transportado ficticiamente ao do Sesc andreense e repassa obras vividas por Cacilda naquele espaço, como Nick Bar – Álcool, Brinquedos, Ambições, de Willian Saroyan, e Arsênico e Alfazema, comédia assinada por Joseph Kesserling, passando ainda pela fase de A Ronda dos Malandros, de John Gay, entre outras. São vários universos em um só e tudo regado também ao audiovisual, música ao vivo e dança.

Na montagem, Cacilda é vivida pelas atrizes Sylvia Prado e Camila Mota. A peça traz ainda a presença dos diretores. Zé Celso, por exemplo, encarna o criador do TBC e da Vera Cruz, Franco Zampari. Mas não é só: a peça traz ao palco o Coro de Protagonistas e Aprendizes da Universidade Antropófaga do Oficina Uzyna Uzona e os músicos da Banda Oficina.

“Eu faço Nick Bar, Filhos de Eduardo, a transição da censura de A Ronda dos Malandros. Interpreto uma gama de personagens da Cacilda mulherão, a Cacilda já mãe, e foi maravilhoso, pois eu pari, meu filho está com 10 meses. Minha história também se fundiu com a história da Cacilda”, afirma a atriz Sylvia Prado.

A obra fala do período das inaugurações, do momento em que se profissionalizou o teatro, do surgimento da companhia cinematográfica Vera Cruz, em São Bernardo. Além disso, Zé Celso consegue aliar a história desse momento artístico à vida pessoal da atriz.

“No TBC tem toda essa rede de história, o processo histórico da Cacilda, do teatro e do cinema e, ao mesmo tempo, tem essa camada da realidade”, conta Sylvia, que diz ainda que o público é peça essencial nesse trabalho.

“O público é matéria fundamental. Então, quem vai assistir uma peça do Oficina tem que estar pronto para a contracenação, tem de ir não só para assistir, mas para jogar junto.”

Cacilda!!!! – A Fábrica de Cinema & Teatro – Teatro. Hoje e amanhã, às 18h. No Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200. Ingr.: R$ 8 a R$ 40. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zé Celso Martinez
revive Cacilda Becker

Com ingressos a partir de R$ 8, musical fica em
cartaz neste sábado e domingo no Sesc Sto.André

Vinícius Castelli

30/11/2013 | 07:00


E então chega o momento em que um palco se torna o espaço para vários outros palcos e faz reviver parte da história da dramaturgia brasileira. O Sesc Santo André recebe hoje e amanhã, a partir das 18h, o espetáculo Cacilda!!!! – A Fábrica de Cinema & Teatro, representado pela paulistana Associação Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona. As entradas custam de R$ 8 a R$ 40 e podem ser compradas nas bilheterias da unidade ou pela rede IngressoSesc.

Com direção e dramaturgia assinada por José Celso Martinez Corrêa ao lado de Marcelo Drummond, o musical, inédito, presta homenagem à atriz Cacilda Becker e mergulha em sua vida na passagem dos anos 1940 para 1950, período em que ela viveu e respirou os ares do TBC (Teatro Brasileiro de Comédia).
 

O palco do TBC é transportado ficticiamente ao do Sesc andreense e repassa obras vividas por Cacilda naquele espaço, como Nick Bar – Álcool, Brinquedos, Ambições, de Willian Saroyan, e Arsênico e Alfazema, comédia assinada por Joseph Kesserling, passando ainda pela fase de A Ronda dos Malandros, de John Gay, entre outras. São vários universos em um só e tudo regado também ao audiovisual, música ao vivo e dança.

Na montagem, Cacilda é vivida pelas atrizes Sylvia Prado e Camila Mota. A peça traz ainda a presença dos diretores. Zé Celso, por exemplo, encarna o criador do TBC e da Vera Cruz, Franco Zampari. Mas não é só: a peça traz ao palco o Coro de Protagonistas e Aprendizes da Universidade Antropófaga do Oficina Uzyna Uzona e os músicos da Banda Oficina.

“Eu faço Nick Bar, Filhos de Eduardo, a transição da censura de A Ronda dos Malandros. Interpreto uma gama de personagens da Cacilda mulherão, a Cacilda já mãe, e foi maravilhoso, pois eu pari, meu filho está com 10 meses. Minha história também se fundiu com a história da Cacilda”, afirma a atriz Sylvia Prado.

A obra fala do período das inaugurações, do momento em que se profissionalizou o teatro, do surgimento da companhia cinematográfica Vera Cruz, em São Bernardo. Além disso, Zé Celso consegue aliar a história desse momento artístico à vida pessoal da atriz.

“No TBC tem toda essa rede de história, o processo histórico da Cacilda, do teatro e do cinema e, ao mesmo tempo, tem essa camada da realidade”, conta Sylvia, que diz ainda que o público é peça essencial nesse trabalho.

“O público é matéria fundamental. Então, quem vai assistir uma peça do Oficina tem que estar pronto para a contracenação, tem de ir não só para assistir, mas para jogar junto.”

Cacilda!!!! – A Fábrica de Cinema & Teatro – Teatro. Hoje e amanhã, às 18h. No Sesc Santo André – Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200. Ingr.: R$ 8 a R$ 40. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;