Fechar
Publicidade

Sábado, 31 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Alunos de escola interditada vão para unidade estadual

Espaço foi cedido provisoriamente até que local seja liberado; aulas retornarão dia 4


Cadu Proieti
Do Diário do Grande ABC

26/10/2013 | 07:00


Os 380 alunos da Escola Municipal Lavínia Figueiredo Arnoni, localizada na Vila Mortari, em Ribeirão Pires, – que foi interditada após parte do teto de sala cair e ferir seis crianças – continuarão recebendo aulas na Escola Estadual Doutor Felício Laurito, Centro da cidade. A área foi cedida provisoriamente pelo Estado ao município até que unidade fechada receba reforma e seja reaberta.

De acordo com a secretária de Educação e vice-prefeita Leonice Moura, os estudantes serão alocados em prédio que estava desativado dentro da unidade estadual. “Essa ala que iremos utilizar é bem separada da outra parte da escola.

Então, vamos readequar e limpar o espaço para as crianças irem para lá. Vai ficar mais perto para as mães do que a Firp (Faculdades Integradas de Ribeirão Pires), localizada no Parque Aliança, que era nossa outra opção”, afirmou a titular da Pasta.

As aulas serão reiniciadas no dia 4, após a Prefeitura readequar a área onde os estudantes passarão a atuar. “Lá já tem refeitório, cozinha, salas, carteira e pátio. Precisa de algumas adequações, como limpeza e reposição de algumas telhas”, disse Leonice. Segundo a secretária, as aulas perdidas serão repostas no fim do ano letivo. A previsão é que a escola interditada seja reaberta em fevereiro. “Em 2014, as crianças já voltam na antiga escola.”

Após o teto da escola cair, o prefeito Saulo Benevides (PMDB) determinou que sejam feitas vistorias em todas as unidades de ensino municipais. A intenção da administração é reformar todas as escolas, com exceção das que foram inauguradas recentemente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;