Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pedestres reclamam de insegurança em passarela de São Bernardo

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Usuários de passagem elevada no Centro dizem que assaltos são frequentes


Cadu Proieti
Do Diário do Grande ABC

22/10/2013 | 07:00


Pedestres que utilizam passarela sobre a Avenida Pereira Barreto, no Centro de São Bernardo, reclamam de falta de segurança no local. Comerciantes e transeuntes da passagem elevada, localizada em frente ao Senai, afirmam que é comum presenciar assaltos no local

“É perigoso. Até mudo meu caminho quando vejo algo suspeito para não andar por aqui. À noite, a coisa fica pior. Para não ser assaltada, me arrisco atravessando a avenida. Ou seja, para não ser roubada, tenho de correr o risco de morrer atropelada”, relata a professora Thais Silva, 21 anos.

A equipe do Diário constatou que poucos pedestres respeitam a passarela e cruzam em nível a Avenida Pereira Barreto, que possui tráfego intenso de veículos. “Por conta do medo, é preferível as pessoas se arriscarem na via do a perderem celular ou tênis roubados. Até a gente que trabalha aqui sofre com isso. Estou nesse local há dois anos e sempre foi perigoso”, comenta um comerciante que pediu para não ser identificado.

Na tarde de ontem, equipes da GCM (Guarda Civil Municipal) foram vistas fazendo ronda de bicicleta sobre a via. No entanto, os transeuntes afirmam que raramente há vigilância na área, localizada nas proximidades do quartel da corporação.

A delegada Katia Cristofaro Martins, titular do 6° DP (Baeta Neves) do município, que atende o local, disse que não há sequer um boletim de ocorrência registrado sobre roubos nesse ponto. Ela orienta as vítimas a formalizarem os casos na delegacia para que a Polícia Civil possa abrir investigação sobre os casos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;