Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CPI da Saned passará por semana decisiva

Aprovada há dois meses, comissão que ainda patina na Câmara vai receber documentação


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

22/10/2013 | 07:00


Instaurada há dois meses, a CPI da Saned (Companhia de Saneamento Básico de Diadema) passará, nesta semana, por provação para mostrar que a investigação proposta pela Câmara ainda tem utilidade pública, mesmo após aprovação do convênio entre a Prefeitura e a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) para zerar dívida de R$ 1,1 bilhão.

Está previsto para esta semana o recebimento de documentação solicitada pelos vereadores. Entre os dados, estão sindicâncias, balanços financeiros e atos administrativos feitos pelos diversos diretores da autarquia aberta em 1994.

Nos bastidores da Câmara, muitos parlamentares admitem que a CPI não tem mais utilidade e que dificilmente haverá medidas efetivas após o fim do trabalho. Tudo porque, em setembro, a Casa aprovou parceria entre Paço e Sabesp para liquidação da dívida de R$ 1,1 bilhão – que envolveu também investimento imediato de R$ 95 milhões.

Presidente da CPI, o governista Atevaldo Leitão (PSDB) reconheceu que o desafio do grupo será remodelar a finalidade da apuração. “No início, queríamos saber se o valor cobrado pela Sabesp (da dívida bilionária) era real. Como o munícipe não está mais pagando essa conta (depois do convênio), só nos resta saber como está o andamento de processos de irregularidades na Saned”, discorreu o tucano.

Leitão relembrou o dia da aprovação da CPI da Saned, dizendo que, à ocasião, a bancada do PT, oposição ao prefeito Lauro Michels (PV), havia sugerido o parcelamento do passivo da Saned com a Sabesp. Líder da bancada petista, José Antônio da Silva pediu que a estatal adotasse um carnê de pagamento em longo prazo, mas com a continuidade da Saned. “Aquela discussão toda motivou a CPI.”

A próxima reunião está marcada para sexta-feira, às 10h. Além de Leitão, fazem parte da CPI os vereadores Josa Queiroz (PT), Célio Boi (PSB), Milton Capel (PV) e Luiz Paulo Salgado (PR).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;