Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara de São Caetano deixa de gastar R$ 340 mil


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

18/10/2013 | 07:00


A Câmara de São Caetano tem deixado de gastar R$ 340 mil por mês, desde janeiro, com folha de pagamento, após a reforma administrativa aprovada em setembro do ano passado. Esse valor era pago de gratificação aos trabalhadores.

Até dezembro de 2012, o custo com salários do Legislativo era de R$ 1,5 milhão por mês, para um quadro de 42 servidores efetivos e 132 comissionados. Atualmente a Casa gasta R$ 1,7 milhão ao mês, com um corpo de 129 funcionários comissionados e 58 contratados por concurso público. Isso levando-se em consideração o aumento do número de vereadores, de 12 para 19. Se não houvesse a reforma, Os gastos passariam dos R$ 2 milhões, segundo a Câmara.

O reajuste foi possível após o corte de funcionários comissionados e o fim do pagamento da gratificação aos servidores, que inflacionava a folha de pagamento.

A reforma administrativa foi apresentada no Legislativo pela mesa diretora, presidida por Sidão (PSB), após o TCE (Tribunal de Contas do Estado) apontar irregularidades no quadro de funcionários do Legislativo, que tinha 76% de contratados por livre provimento e 24% de carreira. “Hoje a situação está controlada”, disse o socialista.

Sidão lembrou que em novembro do ano passado a Câmara realizou concurso público para contratação de 69 servidores, dos quais 36 já estão ocupados e os demais serão convocados até o fim do ano.

Na época da votação, a reforma administrativa ficou emperrada no Legislativo por causa da falta de consenso entre os parlamentares. Alguns temiam perder cargos de assessores no gabinete. A solução encontrada foi solicitar à USCS (Universidade Municipal de São Caetano) que preparasse o projeto que foi avalizado pela Câmara.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara de São Caetano deixa de gastar R$ 340 mil

Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

18/10/2013 | 07:00


A Câmara de São Caetano tem deixado de gastar R$ 340 mil por mês, desde janeiro, com folha de pagamento, após a reforma administrativa aprovada em setembro do ano passado. Esse valor era pago de gratificação aos trabalhadores.

Até dezembro de 2012, o custo com salários do Legislativo era de R$ 1,5 milhão por mês, para um quadro de 42 servidores efetivos e 132 comissionados. Atualmente a Casa gasta R$ 1,7 milhão ao mês, com um corpo de 129 funcionários comissionados e 58 contratados por concurso público. Isso levando-se em consideração o aumento do número de vereadores, de 12 para 19. Se não houvesse a reforma, Os gastos passariam dos R$ 2 milhões, segundo a Câmara.

O reajuste foi possível após o corte de funcionários comissionados e o fim do pagamento da gratificação aos servidores, que inflacionava a folha de pagamento.

A reforma administrativa foi apresentada no Legislativo pela mesa diretora, presidida por Sidão (PSB), após o TCE (Tribunal de Contas do Estado) apontar irregularidades no quadro de funcionários do Legislativo, que tinha 76% de contratados por livre provimento e 24% de carreira. “Hoje a situação está controlada”, disse o socialista.

Sidão lembrou que em novembro do ano passado a Câmara realizou concurso público para contratação de 69 servidores, dos quais 36 já estão ocupados e os demais serão convocados até o fim do ano.

Na época da votação, a reforma administrativa ficou emperrada no Legislativo por causa da falta de consenso entre os parlamentares. Alguns temiam perder cargos de assessores no gabinete. A solução encontrada foi solicitar à USCS (Universidade Municipal de São Caetano) que preparasse o projeto que foi avalizado pela Câmara.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;