Fechar
Publicidade

Sábado, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Homem mata companheira a pauladas em São Bernardo


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

18/10/2013 | 07:00


Uma discussão por causa da falta de cigarros custou a vida da dona de casa Jaqueline Rodrigues Silva, 27 anos, morta a pauladas na cabeça pelo próprio companheiro, Guelson Edgar Ferretti Silva, 36, na madrugada de ontem, na casa onde eles moravam, no bairro Tatetos, em São Bernardo.

O ajudante foi indiciado em flagrante pelos policiais civis da Delegacia de Homicídios da Seccional da cidade, que esclareceu o caso. O corpo foi jogado por ele na estrada onde ficava a casa.

Segundo o registro da ocorrência, ambos estavam alcoolizados  e começaram a discutir sobre a falta de cigarros. O acusado alegou que Jaqueline tentou lhe agredir e, no revide, ele a empurrou e ela acabou batendo a cabeça contra a cama. 

A polícia contesta essa versão, usando como justificativa principal o fato de Silva ter tentado fugir ao notar a aproximação da viatura policial no bairro. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Homem mata companheira a pauladas em São Bernardo

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

18/10/2013 | 07:00


Uma discussão por causa da falta de cigarros custou a vida da dona de casa Jaqueline Rodrigues Silva, 27 anos, morta a pauladas na cabeça pelo próprio companheiro, Guelson Edgar Ferretti Silva, 36, na madrugada de ontem, na casa onde eles moravam, no bairro Tatetos, em São Bernardo.

O ajudante foi indiciado em flagrante pelos policiais civis da Delegacia de Homicídios da Seccional da cidade, que esclareceu o caso. O corpo foi jogado por ele na estrada onde ficava a casa.

Segundo o registro da ocorrência, ambos estavam alcoolizados  e começaram a discutir sobre a falta de cigarros. O acusado alegou que Jaqueline tentou lhe agredir e, no revide, ele a empurrou e ela acabou batendo a cabeça contra a cama. 

A polícia contesta essa versão, usando como justificativa principal o fato de Silva ter tentado fugir ao notar a aproximação da viatura policial no bairro. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;