Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em partida tecnicamente fraca, Santos e Inter não saem do zero

Da AE Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Confronto válido pela 29ª rodada do Brasileiro não altera situação das equipes na classificação


Thiago Bassan

17/10/2013 | 00:40


Um jogo para ser esquecido por Santos e Internacional. As equipes protagonizaram duelo tecnicamente fraco, marcado por poucas chances de gol e excesso de erros de passe. <CF51>Assim, </CF>empataram sem gols ontem à noite, na Vila Belmiro, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.
 

Apesar do começo de partida alucinante, com chances reais de gol para cada lado com menos de dois minutos de bola rolando, o duelo ficou burocrático, com direto até mesmo a queda de energia no segundo tempo. No fim, a igualdade no placar foi o resultado mais justo para as equipes. A paulista está na oitava colocação, com 40 pontos, enquanto a gaúcha soma 41 e aparece em sexto lugar.

CONFRONTO


O jogo começou bastante movimentado. O Inter quase abriu o placar logo na segunda vez que se mandou ao ataque. Leandro Damião arriscou de fora da área e obrigou Aranha a se esticar para evitar o gol. A resposta do Santos foi imediata, e bastante eficaz. Aos quatro minutos, Montillo passou por dois marcadores e bateu de fora da área. Muriel espalmou com dificuldade.
 

Depois do início alucinante, as equipes passaram a se preocupar mais com a defesa. Porém, era o time gaúcho que demonstrava estar mais próximo do gol, tamanha a disposição do meia Alex em campo. Mesmo assim, o placar seguiu sem gols até o fim da primeira etapa.
 

Mais ligado, o Santos teve boa oportunidade nos minutos iniciais da segunda parcial, em arrancada rápida de Emerson, que concluiu forte, mas Muriel defendeu. Foi apenas um breve lampejo. Rapidamente, a equipe visitante retomou o domínio da partida. Porém, a maior arma do clube gaúcho era a bola parada. E, aos 18, Scocco bateu falta com perigo, assustando o goleiro santista.
 

Demonstrando certa apatia, o Peixe viu a sorte aparecer da maneira mais inusitada possível. A energia elétrica na Vila Belmiro caiu e deixou o duelo paralisado por quase 20 minutos. De certa maneira, o fato colaborou com o Santos, que estava apresentado futebol ruim e sem obediência tática.
 

Quando o jogo recomeçou, as equipes demoraram um pouco para se readaptarem ao ritmo que estavam acostumadas. O Inter teve boa chance com João Afonso, aos 27, que arriscou de longe e a bola passou perto do gol. Depois, o Santos respondeu em jogada rápida de Everton Costa, aos 36, que tentou dominar após rebote de Muriel, mas o lateral Gabriel salvou o Colorado.
 

A última oportunidade foi do Santos. Montillo avançou sozinho pela direita, aos 43, e fez cruzamento com precisão. Cícero subiu mais alto que toda a defesa do Inter, mas errou a mira, cabeceando para fora e desperdiçando a chance do Alvinegro encostar de vez no G-4.
 

Edu Dracena lamenta a falta de pontaria do ataque 

Inconformado com o desempenho do ataque santista, o zagueiro Edu Dracena lamentou o excesso de erros de finalização da equipe. Segundo o capitão alvinegro, o time se dedicou em campo, mas pecou demasiadamente na hora de concluir contra o gol do Inter.
 

“Pelas chances que criamos desperdiçamos a oportunidade de vencer, mas a gente se dedicou. Pena que não fomos felizes nas finalizações”, afirmou o jogador.
 

“O Inter claramente veio com a proposta de se defender e jogar por uma bola, no contra-ataque. Não é uma crítica. É uma forma de atuar. Eles se fecharam bem e fizeram duas linhas de quatro”, analisou o técnico Claudinei Oliveira, ao fim da partida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;