Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ribeirão Pires recebe prova marcante na quarta etapa do Circuito de Rua

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Corrida reúne 3.000 participantes nas ruas da cidade; Joice ganha a quarta e duelo entre os homens se acirra


Rafael Mendonça
Thiago Bassan
Do Diário do Grande ABC

16/09/2013 | 07:00


Paisagem serrana, muitas áreas verdes e ar puro. Essas são algumas características marcantes de Ribeirão Pires. E foi neste cenário que 3.000 corredores fizeram a festa pelas ruas da cidade ontem, na quarta etapa do 1º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC.

Entre as mulheres, assim como aconteceu nas três outras provas (São Caetano, Rio Grande da Serra e Mauá), o troféu de primeira colocada ficou nas mãos de Joice Pereira dos Santos, que cravou a marca de 40min41s. Em seguida, figurou Jessica Messias Levadinha (43min20s). Depois, Elizabete da Silva Oliveira (44min28s), Luisa de Jesus Trindade (44min55s) e Joisse Maria da Silva (45min38s) completaram os cinco primeiros lugares.

Se os pódios femininos vem se repetindo na competição, o mesmo não dá para dizer da disputa masculina. Marcos Adriano de Carvalho, que assinalou o tempo de 34min05s, foi o quarto vencedor diferente no Circuito. Vitorioso na etapa de Rio Grande da Serra, Carlos Sergio Campeoti (34min41s) ficou com a segunda colocação, seguido por Fernando Ananias da Silva (35min06s). João Pires Lins (35min42s) e Marcos Francisco de Paula (36min18s) garantiram o quarto e o quinto lugares, respectivamente.

Depois de o percurso anterior, em Mauá, ser apontado, possivelmente, como o mais fácil entre os sete do circuito regional, os corredores enfrentaram um trajeto mais complicado pelas ruas de Ribeirão Pires.

Com a largada dada pontualmente às 8h, em frente ao Complexo Ayrton Senna, na Avenida Prefeito Valdírio Prisco, os atletas seguiram pela Rua Capitão José Gallo, depois pela Rodovia Índio Tibiriça e pela Avenida Santo André, antes de acessarem as ruas de bairro e retornarem à avenida inicial, para finalizarem o percurso.

Mas além de um traçado com mais subidas que o de Mauá, os participantes tiveram de enfrentar um adversário a mais na prova: o calor. Com a alta temperatura e o ar seco, os pontos de hidratação foram muitos requisitados.
Como forma de incentivo aos atletas, esta foi uma das etapas que mais contou com a participação do público. Muitas crianças e famílias aproveitaram o belo dia para prestigiar a prova.

Mesmo debaixo de forte sol, a dona de casa Kátia Narciso, 22 anos, não titubeou e trouxe o pequeno Arthur Lopes da Silva, de apenas dois meses, para dar apoio ao pai-atleta e torneiro mecânico Ailton Lopes da Silva, 36. “Provas como essa são muito positivas. É preciso mais corridas para que possa incentivar ainda mais o pessoal a praticar exercícios”, declarou ela, que reside em Mauá.

Esse foi o clima na quarta etapa do Circuito de Corrida, ou seja, famílias e pessoas apoiando, atletas se superando e o esporte na cidade se difundindo ainda mais.

Novamente, autoridades prestigiaram uma prova do Circuito. Entre eles, Saulo Benevides (PMDB), prefeito de Ribeirão Pires, que participou da caminhada ao lado de sua esposa, Michelle, e a filha, Thayane. José Auricchio Júnior, secretário de Esportes do Estado de São Paulo, e o deputado federal Vicentinho (PT), também marcaram presença.

“Foi grande festa. Novamente atingimos o limite máximo de inscritos. Tenho certeza de que esse dia ficará na história de Ribeirão Pires”, avaliou o diretor de Redação do Diário, Sérgio Vieira.


Joice fatura o tetra entre as mulheres; Marcos vence a 1ª
Campeões falam sobre dificuldades para superar o traçado da etapa ribeirão-pirense


Quatro provas e quatro vezes o lugar mais alto do pódio. Como acontecera em São Caetano, Rio Grande da Serra e Mauá, a quarta etapa feminina do Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC, em Ribeirão Pires, teve Joice Pereira dos Santos, da Number One Running, como campeã. Em 40min41s, triunfou e literalmente corre a passos largos rumo ao título geral.

Como não poderia deixar de ser diferente, a atleta estava bastante satisfeita com o resultado obtido em Ribeirão Pires. E destacou o momento da prova em que sentiu a vitória bem próxima. “A partir do sétimo quilômetro, percebi que a vitória estava em minhas mãos. Olhei para trás e não vi nenhuma concorrente. Então falei para mim mesma: agora só depende de mim. Estava tudo bem definido a partir daquele momento. Quem quisesse me superar, teria que fazer muita força”, analisou.

O ótimo desempenho que vem tendo no Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC soa como algo inusitado para Joice. Afinal, ela, que pratica o esporte desde os oito anos de idade, passou boa parte de sua carreira correndo apenas em pistas.

“Ainda não estou no meu melhor nível. Comecei a disputar corridas de rua recentemente, e isso precisa de adaptação. Mas faço o que posso e esses resultados estão me motivando muito”. disse.

No masculino, o vencedor foi Marcos Adriano de Carvalho, da SBC Trans, que estabeleceu o tempo de 34m05s. Vice em Mauá, o atleta destacou o que foi fundamental para sair com a vitória. “Foi grande desafio. E uma superação extrema. Não é fácil ser atleta no Brasil, ter que conviver com a falta de patrocínio, de um incentivo a mais. Agradeço a SBC Trans, aos amigos e todos que ajudaram para que essa vitória acontecesse.”

Marcos também comentou sobre os desafios que teve de encarar no circuito de Ribeirão. “As subidas são as partes mais difíceis. Sempre existem dificuldades nos morros e você precisa estar preparado física e psicologicamente”, analisou o atleta.

Confiante após o resultado, o vencedor espera ter ótimo desempenho na próxima prova, que será realizada na cidade onde nasceu. “Será uma prova especial. Estarei na minha cidade, que é São Bernardo, e espero ter o mesmo desempenho que obtive aqui”, disse Marcos.
 

Aquecimento coletivo cai nas graças dos atletas antes da prova


De maneira bastante animada e contagiante, a equipe Lobo Assessoria protagonizou um aquecimento coletivo pouco antes da prova começar. Em cima do palco montado ao lado do local onde os participantes retiravam seus kits, o professor de Educação Física, Lucas Salia dos Santos, comandava os atletas, explicando a melhor maneira de se alongar antes de iniciar a corrida e caminhada.

“É um aquecimento mais dinâmico, expresso, onde está todo mundo junto. Vemos que, às vezes, uma pessoa não consegue fazer direito o aquecimento e a outra ajuda. Todos se unem em torno de um mesmo ideal, começa com um grupo menor se alongando e depois vai aumentando. É algo gostoso, onde as pessoas se enturmam facilmente”, disse o professor.

A medida caiu como uma luva para alguns dos participantes. “Você consegue desenvolver seu aquecimento de maneira mais fácil quando tem alguém para orientar o que tem de se fazer. Isso é muito bom e ajuda todos os que estão iniciando nessa rotina de corridas. Está aprovado”, disse Luciana da Rosa, 35 anos, assistente administrativa.
 

Animação e descontração nos ônibus
Dezenas de atletas aproveitam o transporte gratuito para chegar à corrida em Ribeirão Pires

Assim como na segunda etapa do 1º Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC, em Rio Grande da Serra, os atletas tiveram transporte gratuito à disposição para chegar a Ribeirão Pires ontem, para a quarta prova. Com a saída dos três ônibus realizada às 7h, dezenas de corredores aproveitaram a chance e, com muita descontração, deixaram o trajeto mais tranquilo.

O mais animado entre eles era o zelador André Luiz Pinto Teixera, 32 anos. Desde sua chegada ao Fórum andreense, local de partida dos veículos, ele demonstrava empolgação com a prova. “Tenho sempre a mesma animação, inclusive durante as corridas”, disse o zelador, enquanto a música de seu aparelho celular tocava alto. “A vida sem música é uma tristeza. Todo velório é triste porque não tem música”, brincou.

Durante o trajeto, temas variados foram debatidos no ônibus, desde metas a cumprir na prova, passando por assuntos particulares e chegando ao clima ensolarado que estava por vir. Outros optaram pelo silêncio, talvez como forma de se concentrar.

Enquanto isso, o casal Augusto Comitre, 31 (que chegou na 11ª colocação geral), e Luciana Oliveira, 26, aproveitaram para elogiar a iniciativa da organização e da viação Guaianazes em fornecer transporte.
“Acho perfeito. A maioria das provas não tem isso. Até porque, normalmente, é difícil o acesso ao local da corrida e há poucos lugares para estacionar o carro”, observou o analista de sistemas.

“É diferencial que acaba incentivando os atletas, já que como as corridas acontecem cedo, fica meio complicado pegar transporte público”, emendou a bióloga.
 

Cidade oferece clima excepcional dentro e fora do percurso da prova

Se a quantidade de atletas inscritos mais uma vez alcançou o limite máximo (3.000), o número de pessoas que acompanharam a prova também merece destaque. Muitas famílias e crianças estiveram próximos aos locais onde aconteceram a corrida (10km) e a caminhada (5km), com o intuito de incentivar aqueles que estavam na disputa.
Mas a etapa de Ribeirão Pires também contou com participações especiais. Presentes também na prova anterior, em Mauá, o grupo Berranteiros de Jesus deu seu apoio aos atletas.

“Temos ido a lugares como forma de participar e incentivar os corredores. Essas provas são iniciativa muito bacana do Diário, pois é forma rica de unir as pessoas da região por meio do esporte”, afirmou o professor José Aletto. “Estivemos em Aparecida do Norte, na visita do Papa Francisco. Fomos em 30 berranteiros”, completou o montador de móveis Sorriso do Berrante.

Para a moradora de Ribeirão Pires, Ana Patrícia de Faria, provas como esta favorecem a divulgação do município. “É difícil ter corridas deste tipo na cidade e hoje (ontem) vi muitos moradores daqui participando”, opinou a dona de casa, que carregava a filha de nove meses no colo.


Inscrições para etapa de São Bernardo começam quarta


As inscrições para a próxima etapa do Circuito Popular de Corrida de Rua do Grande ABC, que será disputada em São Bernardo, no dia 13 de outubro, serão abertas na quarta-feira. Os interessados em participar da prova devem pagar a taxa de R$ 20 e preencherem o formulário no site do Diário (www.dgabc.com.br/circuitoderua/2013), ou no site da Ativo (www.ativo.com.br). Outra opção é retirar a ficha de inscrição na portaria do jornal, situado à Rua Catequese, 562, bairro Jardim, em Santo André. O valor é de R$ 20.

Antecipadamente, os 1.454 corredores que optaram por fazer a inscrição promocional para as sete etapas do circuito, estão garantidos para a etapa são-bernardense do ciclo pelas sete cidades do Grande ABC. A tendência, assim como vem ocorrendo nas últimas provas, é que a corrida de São Bernardo também deva atingir o número máximo de 3.000 inscritos.

A competição, promovida pelo Diário e que faz parte das comemorações dos 55 anos do jornal, conta com apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, da Sabesp, e é organizada pela Federação Paulista de Atletismo. Além de São Bernardo, o circuito ainda abrange as etapas de Diadema (10/11) e Santo André (1/12).


Autoridades parabenizam Circuito


Após acompanhar a maior Corrida de Rua já disputada na história de Ribeirão Pires, o prefeito da cidade, Saulo Benevides (PMDB), aprovou a organização e o empenho de todos os envolvidos na quarta etapa do Circuito.
“Quero parabenizar o Diário pela iniciativa que está proporcionando maior qualidade de vida aos moradores da nossa região. Ribeirão Pires é uma Estância Turística, saudável para a prática de esportes, onde temos a beleza da Mata Atlântica. Estamos muito felizes em receber todos aqui”, disse o prefeito.

O diretor de Redação do Diário, Sérgio Vieira, exaltou o grande número de pessoas presentes à etapa de Ribeirão Pires. Mais de 3.000 atletas participaram da corrida e caminhada.

“Foi um grande sucesso. Mais uma vez atingimos o limite bem antes do prazo final das inscrições. Isso demonstra que o Grande ABC aderiu totalmente a esse campeonato, que promove o bem-estar e um momento de confraternização entre as famílias”, destacou.

Para o secretário de Esportes, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, José Auricchio Júnior, a prova inseriu a cidade de Ribeirão Pires no circuito das grandes provas do Estado. “Foi a maior corrida que a cidade já viu. Certamente, vai fazer parte do calendário esportivo do Estado. A cada prova do Circuito que acontece, são estabelecidos novos recordes. Existe uma grande participação e adesão tanto da população da cidade, como de pessoas que moram na região”, analisou.

O Secretário de Esportes de Ribeirão Pires, Paulo Cesar Ferreira, disse que a corrida realizada na cidade pode ser o marco inicial para os munícipes que ainda não aderiram ao esporte.

“Nós, que já somos adeptos da corrida, praticamos esse tipo de atividade para melhorar a qualidade de vida. E hoje (ontem), vimos pessoas que pela primeira vez vieram correr e aprovaram a disputa. Dessa maneira, a prova pode ser o primeiro passo para quem quer mudar seu condicionamento físico”.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;