Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão afia discurso para 2ª fase

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Time encara o Metropolitano neste domingo em
busca de sequência à luta pelo acesso na Série D


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

27/08/2013 | 07:00


O Santo André inicia oficialmente hoje a semana para a primeira decisão da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D. A equipe terá pela frente o Metropolitano, de Santa Catarina, e faz a primeira partida no domingo, às 15h, no Bruno Daniel, enquanto a definição de quem avança à terceira fase será no dia 8, às 16h, no Estádio Monumental do Sesi, em Blumenau.

E os discursos ramalhinos já estão afiados sobre o duelo. Mas, apesar de já ser a segunda fase da competição, a equipe do Grande ABC aposta nas vivências da etapa inicial para se dar bem em busca da classificação e sequência na busca do acesso à Série C.

“Por aquilo que a gente conhece e tem visto, o campeonato está muito equilibrado. Não vamos esperar adversário muito além do que já enfrentamos até agora. O importante é que estamos na briga, e o Santo André nas horas decisivas cria forças”, disse o zagueiro Junior Paulista.

Na opinião do técnico Paulo Roberto, os atletas do Ramalhão devem seguir demonstrando espírito de luta, sobretudo apresentado nas últimas rodadas da primeira fase, quando desbancou o então bicho-papão Juventude por 2 a 0 e, principalmente, não sucumbiu à reação do Marcílio Dias e bateu os catarinenses de Itajaí por 3 a 2, no domingo

“Logicamente não podemos escolher adversários. Tentaríamos o primeiro lugar do grupo se possível. Se não, ao menos a segunda vaga e conseguimos. Independentemente de quem vier, temos de manter a postura, comprometimento e sede pelo acesso, que é o que está prevalecendo”, destacou o comandante andreense.

ATO HEROICO

Marcar o gol da classificação aos 39 minutos do segundo tempo foi fato merecido pelo zagueiro Junior Paulista. Remanescente do grupo do rebaixamento para a Série D no ano passado, o defensor vibrou como nunca com o feito. Na comemoração, correu em direção da torcida fazendo um misterioso gesto representando a letra “L”.
“Gol que decide é sempre importante e sempre marca. No futebol, desde sempre, há vilões e heróis. Se hoje fui herói, fico feliz”, destacou Junior Paulista.

Após o apito final e a comemoração ainda no campo do Bruno Daniel, o defensor se reuniu com o também zagueiro Jonas para conversar a respeito da reação do Marcílio Dias, que em quatro minutos igualou o jogo, caso que quase custou a classificação ramalhina.

“Temos esquema tático definido para anular jogadas costumeiramente utilizadas pelo adversário. Mas chutes a média e longa distância são sempre imprevisíveis”, disse o camisa três.
 

Atacante Müller destaca: este é o espírito do Santo André

Autor do gol que abriu caminho para a classificação andreense à segunda fase do Brasileiro da Série D e artilheiro da equipe na competição com três tentos, o atacante Müller Fernandes destacou a vibração do time que mesmo ao levar o empate do Marcílio Dias – após ter aberto 2 a 0 no placar – teve forças para triunfar.

“Tinha frisado antes que este era um jogo que todos queriam jogar. Os escolhidos foram determinados e brigamos, na base da raça. Este é o espírito do Santo André e se continuar assim em breve conquistaremos o acesso”, destacou o jogador que, no entanto, está suspenso para o primeiro jogo contra o Metropolitano.

Tal opinião, aliás, foi compartilhada pelo meia Juninho Silva, que entrou na segunda etapa e após boa jogada com o volante Fubá, marcou, de cabeça, o segundo gol andreense na partida.

“Mostramos a força da equipe. Conseguimos fazer o placar favorável, permitimos o empate, mas demonstramos mais uma vez nosso poder de reação”, comentou, referindo-se a situações já vividas nesta Série D, quando o time esteve atrás no placar contra o próprio Marcílio Dias, na estreia, e diante do Villa Nova, na semana passada, mas buscou a igualdade.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;