Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Caixa libera R$ 1,25 bi em financiamentos de imóveis

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alta é de 18% em relação ao mesmo período de
2012; no País, empréstimos superam ano de 2011


Pedro Souza
Do Diário do Grande ABC

24/08/2013 | 07:24


A Caixa Econômica Federal liberou neste ano, até o dia 16, R$ 1,25 bilhão em financiamentos imobiliários a mutuários. Segundo a gerente regional interina de construção civil da superintendência para o Grande ABC da instituição financeira pública, Andrea Nunes, esse montante representou alta de 18% sobre o mesmo período do ano anterior.

Segundo a gerente, o resultado está baseado na demanda acentuada, entre 2011 e 2012, do próprio mercado imobiliário. “Desde o início do ano registramos, aproximadamente, 11,3 mil operações. Deste número, descobrimos em análise que 70% são relacionadas a apartamentos novos, principalmente os lançados entre 2011 e 2012”, explicou Andrea.

Portanto, a maioria dos contratos da Caixa é de imóveis cuja chave foi entregue em 2013, mas as obras dos prédios tiveram início nos anos anteriores. O restante, destaca a gerente dos recursos, foi direcionado a imóveis usados.

Ela desconsiderou as taxas de juros um pouco mais baixas do que a média do mercado como estímulo para o resultado até a semana passada. “Isso porque essas condições tiveram início há muito tempo”, pontuou, se referindo ao ano passado.

Em 2012, a instituição emprestou R$ 1,8 bilhão para a compra de imóveis. “Temos o objetivo, neste ano, de contratação de R$ 2 bilhões. E pelo resultado atual, tudo indica que chegaremos ao valor”, disse Andrea.

A maioria dos financiamentos imobiliários, fatia aproximada de R$ 950 milhões, neste ano está inserida no SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo). Em resumo, são operações para a compra de imóveis com valores entre R$ 190 mil e R$ 500 mil.

CONCESSÃO DIÁRIA - Neste período, ou seja, 228 dias, a média diária de contratação foi de R$ 5,48 milhões. Para Andrea, com a manutenção desse ritmo, o banco do governo federal deve superar o valor total de 2011 em dez dias.

Naquele ano, a demanda da região por financiamentos imobiliários para pessoas físicas atingiu R$ 1,3 bilhão nos 12 meses.

Já no caso do balanço nacional da empresa estatal, houve superação. Do início do ano até o dia 16, foram liberados R$ 85,2 bilhões. Esse volume foi o suficiente para ultrapassar o valor anual de 2011, quando a marca foi de R$ 80,09 bilhões.

Já em relação aos primeiros 228 dias do ano passado, a instituição financeira garantiu crescimento de 41,5%. Naquele período, o registro foi de R$ 60,2 bilhões.

Segundo a Caixa, até o dia 16 o banco assinou um total de 1.145.744 contratos de habitação. Este número foi o suficiente para gerar média diária de liberação de R$ 539,5 milhões, ou seja, de 7.252 operações.

Dentro dos R$ 85,2 bilhões concedidos, R$ 50,06 bilhões foram destinados à aquisição de imóveis individuais, sejam eles novos ou usados, e R$ 35,18 bilhões para financiamento à produção de empreendimentos habitacionais.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;