Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Investigação do Gaeco leva 12 a prisão

Quadrilha era especializada em tráfico de drogas e roubo e desmanche de veículos


Guilherme Monfardini
Especial para o Diário

30/07/2013 | 07:00


Depois de mais de dois meses de investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e da PM (Polícia Militar), uma quadrilha de tráfico de drogas e roubo e desmanche de veículos foi desmantelada ontem em Mauá e Santo André. Doze pessoas foram presas.

Até o início da noite, foram contabilizadas a apreensão de 50 quilos de maconha e cocaína; três armas, sendo dois revólveres e uma espingarda; 12 veículos; munição para as armas e placas de veículos para adulteração.

Segundo o chefe da operação, o capitão da PM Luiz Roberto Moraes, a quadrilha roubava os carros e fazia a alteração de documentação e de placas para circular com os veículos sem problemas legais. As investigações prosseguem em delegacias das duas cidades, em conjunto com o MP. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Investigação do Gaeco leva 12 a prisão

Quadrilha era especializada em tráfico de drogas e roubo e desmanche de veículos

Guilherme Monfardini
Especial para o Diário

30/07/2013 | 07:00


Depois de mais de dois meses de investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e da PM (Polícia Militar), uma quadrilha de tráfico de drogas e roubo e desmanche de veículos foi desmantelada ontem em Mauá e Santo André. Doze pessoas foram presas.

Até o início da noite, foram contabilizadas a apreensão de 50 quilos de maconha e cocaína; três armas, sendo dois revólveres e uma espingarda; 12 veículos; munição para as armas e placas de veículos para adulteração.

Segundo o chefe da operação, o capitão da PM Luiz Roberto Moraes, a quadrilha roubava os carros e fazia a alteração de documentação e de placas para circular com os veículos sem problemas legais. As investigações prosseguem em delegacias das duas cidades, em conjunto com o MP. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;