Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano estuda
acabar com bolsões
para retorno na Goiás

Tiago Silva/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Objetivo é acabar com um dos tempos semafóricos na via e aumentar a fluidez de veículos


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

23/07/2013 | 07:00


Uma das soluções estudadas pela Prefeitura de São Caetano para melhorar a fluidez na Avenida Goiás é proibir retornos e conversões à esquerda em alguns cruzamentos da via. Com isso, será possível acabar com uma das fases semafóricas, fazendo com que o motorista aguarde menos tempo no sinal vermelho. Ainda não há prazo para que as alterações sejam implementadas.

Segundo o secretário de Mobilidade Urbana, Odair Mantovani, a mudança pode ser aplicada em quatro interseções. No sentido Santo André, as baias para espera devem ser removidas nos cruzamentos da Goiás com a Rua Amazonas e com as avenidas Senador Roberto Simonsen e Doutor Augusto de Toledo. Na direção contrária, as conversões passarão a ser proibidas na esquina com a Rua Oswaldo Cruz.

Com isso, para virar à esquerda ou retornar para o sentido oposto, o motorista será obrigado a fazer o contorno no quarteirão à direita e cruzar a Goiás. As demais baias para espera ao longo da via não serão removidas, já que não há opção para retorno pelo bairro. Caso, por exemplo, do acesso à Rua Aurélia, próximo ao quartel da Polícia Militar. No local, não há ruas para contorno, já que o terreno do lado direito da pista é ocupado pela fábrica da General Motors.

A estimativa do secretário é que a fluidez na Goiás melhore em cerca de 25%. “Melhorando o trânsito nessa via, são reduzidos os congestionamentos nas ruas paralelas. Em horários de pico, a lentidão chega até a altura da Rua São Paulo”, comenta. Na opinião do titular da Pasta, a proibição das conversões não irá gerar engarrafamentos nos bairros.

Mantovani ainda não definiu quando as modificações sairão do papel. Ele aguarda definição de outros projetos antes de confirmar as alterações. Um dos trabalhos que ainda precisa ser finalizado é a contagem do fluxo de veículos nas avenidas Goiás e Guido Aliberti. O monitoramento foi feito durante duas semanas e os dados foram enviados para tabulação por software alemão. O resultado da estatística deve ser apresentado na semana que vem.

Com os números em mãos, a Prefeitura irá alterar os tempos semafóricos de acordo com a demanda de cada horário. A estimativa é que as readequações reduzam em 25% o tempo de travessia. Depois que o serviço for concluído nesses corredores, a administração pretende fazer estudo semelhante na Presidente Kennedy e Rua Alegre. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;