Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mirasoft também vence a 2ª edição da licitação de TI do Legislativo de S.Caetano


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

20/07/2013 | 07:00


A segunda edição da licitação de TI (Tecnologia da Informação) da Câmara de São Caetano foi vencida pela Mirasoft, mesma empresa que levou o primeiro certame e, apesar de ser a atual prestadora do serviço, foi desqualificada por não atender a requisitos técnicos. O contrato prevê a instalação de 12 softwares em 150 computadores com manutenção permanente.

O lance da companhia foi de R$ 799,9 mil por um ano, o valor é R$ 190 mil inferior aos R$ 990 mil ofertados na primeira edição da concorrência. O presidente da Câmara, Sidnei Bezerra da Silva, o Sidão (PSB), marcou a apresentação da empresa para quinta-feira às 9h, ocasião em que os quesitos técnicos serão postos à prova novamente.

Ao contrário da primeira licitação, quando apenas três empresas apresentaram propostas, a segunda edição teve seis inscritas. A ordem dos lances, com exceção da Mirasoft, foi a seguinte: Allbrax Consultoria em Solução de Informática (R$ 1,374 milhão); Mitra (R$ 1,382 milhão); CSM Central de Software Municipal (R$ 1,404 milhão); RDM Sistema Digital (R$ 1,565 milhão).

Caso a Mirasoft seja oficializada vencedora, o custo do serviço cairia 20%, já que a Câmara paga R$ 101 mil mensais.

Entretanto, o pregão eletrônico promovido por Sidão é recheado de polêmicas. A previsão no edital é de que o serviço sofra reajuste de 30,7%, enquanto a inflação variou 6,87% em relação ao ano passado, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). A primeira edição do certame foi considerada fracassada por ter desclassificado todas as participantes. Mirasoft e RDM participaram da concorrência anterior.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;