Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Pinheiro ironiza declaração de Regina


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

19/07/2013 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), ironizou a declaração da ex-prefeiturável governista Regina Maura Zetone (ex-PTB), que disse ter rejeitado convite para ingressar no PMDB por conta do índice de “reprovação grande” do chefe do Executivo.

“Vamos testar quem tem a maior rejeição, se sou eu ou se é ela? Também quero que ponha a minha imagem de administrador para ver essa rejeição. Na época de campanha nós vimos a rejeição de um governo e dela mesma nas ruas”, afirmou Pinheiro. A eleição do ano passado foi vencida pelo peemedebista com 63% dos votos, ante 34,81% de Regina.

Na articulação para a ida de Regina, que atualmente é secretária de Saúde de Rio Grande da Serra, havia projeto regional, além de aproximação que objetivava conjunto de ações administrativas e financeiras para São Caetano. As conversas foram tratadas por integrantes do PMDB estadual. “Essa articulação não tem nada a ver comigo, não quero polemizar com ela”, disse o prefeito, que assumiu ter gostado do desfecho da conversa.

O vereador Pio Mielo, do PT, que passou pelas administrações petebistas na cidade como oposição, condenou a fala de Regina. “Ela foi deselegante e desleal, desrespeitou o prefeito e o PMDB. Assim como nós respeitamos o grupo que ela faz parte, que tem nomes como o do deputado estadual Orlando Morando (PSDB) e dos vereadores Jorge Salgado (PTB) e Fábio Palacio (PR), nós exigimos respeito ao PMDB, que é um dos maiores partidos do País.”

A interpretação do petista é de que Regina “torce pelo caos”. “Essa declaração ácida dela pareceu mais o (ex-prefeito e atual secretário paulista de Esporte, Lazer e Juventude, José) Auricchio (PTB) falando.” A dupla se afastou depois que a derrota eleitoral foi creditada à inexperiência da ex-candidata.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pinheiro ironiza declaração de Regina

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

19/07/2013 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), ironizou a declaração da ex-prefeiturável governista Regina Maura Zetone (ex-PTB), que disse ter rejeitado convite para ingressar no PMDB por conta do índice de “reprovação grande” do chefe do Executivo.

“Vamos testar quem tem a maior rejeição, se sou eu ou se é ela? Também quero que ponha a minha imagem de administrador para ver essa rejeição. Na época de campanha nós vimos a rejeição de um governo e dela mesma nas ruas”, afirmou Pinheiro. A eleição do ano passado foi vencida pelo peemedebista com 63% dos votos, ante 34,81% de Regina.

Na articulação para a ida de Regina, que atualmente é secretária de Saúde de Rio Grande da Serra, havia projeto regional, além de aproximação que objetivava conjunto de ações administrativas e financeiras para São Caetano. As conversas foram tratadas por integrantes do PMDB estadual. “Essa articulação não tem nada a ver comigo, não quero polemizar com ela”, disse o prefeito, que assumiu ter gostado do desfecho da conversa.

O vereador Pio Mielo, do PT, que passou pelas administrações petebistas na cidade como oposição, condenou a fala de Regina. “Ela foi deselegante e desleal, desrespeitou o prefeito e o PMDB. Assim como nós respeitamos o grupo que ela faz parte, que tem nomes como o do deputado estadual Orlando Morando (PSDB) e dos vereadores Jorge Salgado (PTB) e Fábio Palacio (PR), nós exigimos respeito ao PMDB, que é um dos maiores partidos do País.”

A interpretação do petista é de que Regina “torce pelo caos”. “Essa declaração ácida dela pareceu mais o (ex-prefeito e atual secretário paulista de Esporte, Lazer e Juventude, José) Auricchio (PTB) falando.” A dupla se afastou depois que a derrota eleitoral foi creditada à inexperiência da ex-candidata.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;