Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Esquentando tamborins

Em meio às polêmicas entre situação e oposição e ameaças de CPI, o vereador de Santo André Paulinho Serra tem encontrado tempo para se preparar


Do Diário do Grande ABC

24/09/2009 | 00:00


Em meio às constantes polêmicas entre situação e oposição e ameaças de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), o vereador de Santo André Paulinho Serra (PSDB) tem encontrado tempo para se preparar para compromisso tão nobre quanto a vida política: em outubro, ele será, pela quarta vez, jurado da Uesa (União das Escolas de Samba de Santo André) para escolher a rainha do Carnaval 2010. Ele também participa da comissão que escolhe a rainha da bateria da escola de samba Ocara Clube, localizada na Vila Guiomar e que já conquistou 28 títulos nos desfiles da cidade. O parlamentar tucano, que afirma ser um veterano no assunto Carnaval, diz que entre os requisitos para ser escolhida tanto como rainha como madrinha da bateria estão simpatia e muito samba no pé. Sem dar sorte às escolhidas no ano passado, Paulinho garante que irá analisar com bastante atenção o desempenho das candidatas e que passará mais tempo na escola de samba em 2010. Sabe como é, né: em ano eleitoral, qualquer concentração de eleitores é bem-vinda ....

Relógio quebrado
Por falar em Santo André, uma boa parcela dos vereadores está descontente com o fato de o presidente Sargento Juliano (PMDB) estar descumprindo o Regimento Interno no que se refere ao tempo de pronunciamento dos parlamentares na tribuna. Poucos têm respeitado o limite de cinco minutos e o peemedebista faz vistas grossas. Já houve discurso com 50 minutos. Se Juliano não providenciar um relógio imediatamente, as sessões de Santo André vão passar a varar madrugada.

Momento de emoção
Pelo menos durante alguns minutos, na sessão de terça-feira, os vereadores de Mauá deixaram de lado os atritos entre governo e oposição. Em um raro momento de emoção no Legislativo, o líder de governo Rômulo Fernandes chegou a chorar, ao falar de antiga amiga, coordenadora de projeto social na cidade, que morreu no ano passado e agora dará nome a viela no Jardim Itapeva. Ele chegou a ser amparado pelos colegas, que trouxeram água ao parlamentar.

Meu coração bate feliz
Mesmo a contragosto, o vereador de Mauá Alberto Betão Pereira Justino (PSB), não acompanhará o ex-prefeiturável Francisco Carneiro, o Chiquinho do Zaíra, que filiou-se recentemente ao DEM. “Todo mundo sabe que meu coração é Chiquinho do Zaíra. Só não vou agora com ele por imposição eleitoral.” Betão não quer correr o risco de perder o mandato. Ainda assim, avisou que continuará na oposição ao governo do prefeito Oswaldo Dias (PT), diferentemente da postura dos demais vereadores do PSB.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;