Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Preocupação com contusão

Chegamos a uma situação tão preocupante com contusões que os treinos das seleções não são mais treinos e sim polimentos. A Copa vai começar...


Especial para o Diário

10/06/2010 | 00:00


Chegamos a uma situação tão preocupante com contusões que os treinos das seleções não são mais treinos e sim polimentos.

A Copa vai começar e não há jogador em sã consciência que vai se esforçar mais do que o mínimo necessário.

A bruxa andou solta nas últimas semanas e tirou jogadores importantes da competição. Ballack, da Alemanha, Rio Ferndinand e David Beckham, da Inglaterra, são os mais destacados e populares.

Além disso, outros craques sofreram contusões sérias, alguns deles chegaram a submeter-se a cirurgias, como foi o caso de Drogba. O atacante do Chelsea e da seleção da Costa do Marfim, garantem os médicos, pode ficar fora do primeiro jogo da sua seleção, mas enfrentará o Brasil.

Robben, da Holanda, Pirlo, da Itália, Rooney, da Inglaterra, Kaká e Luís Fabiano, do Brasil, são outros destaques que estão sob suspeita de seu melhor condicionamento físico e atlético.

Isso sempre acontece nas vésperas de mundiais. Faz parte da vida e do jogo. Não há o que se fazer. Esse é outro fator que psicológica e pragmaticamente faz com que técnicos e jogadores tirem o pé do acelerador neste momento. E se for possível, fiquem brecando o tempo todo.

Bastidores

O IBC (International Broadcasting Center) é uma torre de Babel. Jornalistas e personalidades do mundo todo estão aqui trabalhando por emissoras de rádio e televisão credenciadas. A estrutura é boa e o ambiente melhor ainda.

Há mais de dez dias em Johanesburgo, até e previsão do tempo nos enganou. Ela indicava que choveria sábado e domingo. Nada disso. Faz frio, mas durante o dia o sol brilha e enche o clima de alegria. Depois das cinco da tarde o frio vem forte e a temperatura cai para 5ºC.

Jornalistas são assaltados perto do hotel onde está concentrada a seleção portuguesa. Durante a Copa das Confederações tivemos alguns problemas nos hotéis de Brasil e Egito. Desta vez, há muitos fatos isolados, mas em volume preocupante. Saravá!

Houve ensaio no Soccer City com simulações do primeiro jogo da Copa. Até dois times sub-17 fizeram uma partida com dois tempos de 20 minutos, cada. Locutor do estádio trabalhando a todo vapor, árbitro, bandeirinhas, representante, câmeras, telão. Tudo como se fosse de verdade.

É a primeira vez em uma Copa que a festa musical e cultural não antecederá o primeiro jogo. Shakira, Alicia Keys, Chalize Terón, Black Eyed Peas, Vusi Mahlasela serão as principais personalidades presentes. No palco, claro! Porque as autoridades locais e a cartolagem da Fifa estarão na primeira fila dos flashes.

No México a torcida criou a Ola, onda em espanhol. Foi um sucesso internacional. Na Coréia as manifestações com pequenos cartazes vermelhos e os braços estendidos mostravam a animação da galera. Aqui na África as vuvuzelas serão mais marcantes que muitos time.

Toque Final

Estive mais uma vez no aeroporto Tambo e fiquei pensando sobre a Copa do Mundo de 2014. A estrutura brasileira, em vários setores, perde feio para a dos sul-africanos. A começar nos aeroportos.

Nem Cumbica nem Galeão nem Congonhas têm condições de receber turistas para um evento dessa envergadura. Muitos menos os aeroportos de capitais menores.

Será preciso gastar muito dinheiro. Dinheiro público! Para isso a concorrência deverá ser rigorosa. E nós sabemos que os exemplos anteriores em nosso país não são elogiáveis. O Pan-Americano está aí, bem recente, para provar isso.

Faltam estradas decentes em muitos lugares, avenidas e transporte público adequado e nos padrões internacionais.

Faltam estádios padrão Copa do Mundo. Não temos nenhum nessas condições. Obras e dispêndio de dinheiro serão necessários. Vamos ficar de olho.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;