Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Manoel Lopes tenta emplacar dobradinha

Democrata consultará DEM para sair a deputado federal; filha ou mulher pode sair a estadual pelo PSD


Bruno Coelho
Do Diário do Grande ABC

01/07/2013 | 07:05


Uma dobrada familiar pode se concretizar na eleição de 2014 em Mauá. Isso porque o vereador Manoel Lopes (DEM) tentará articular junto ao ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) a candidatura da filha e presidente do PSD local, Bianca Donatiello, ou da mulher, Ângela Donatiello. Ao mesmo tempo, o parlamentar consulta o DEM para ver qual o seu papel no próximo ano, podendo sair a deputado federal.

O democrata busca emplacar filha no cenário político de Mauá, também pensando em 2016. Manoel vislumbra a possibilidade de sair candidato a prefeito. Por essa razão, a candidatura de Bianca seria apenas o primeiro passo para ela disputar a vereança, caso o pai vise o Paço. Ele ainda não descarta a mulher, ex-secretária de Educação no governo do ex-prefeito Leonel Damo (PMDB).

“Se a Ângela ou minha filha pedir para ser candidato (a vereador) no meu lugar, não negarei isso a elas. (Sobre candidatura ao Paço em 2016), tenho nome limpo e aqueles que não gostam de mim não tem o que me bater”, argumentou.

Manoel espera para as próximas semanas a visita de Kassab no município para solicitar ao ex-prefeito aval em prol da filha ou da mulher. Sobre o seu futuro em 2014, ele também conversará com secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Rodrigo Garcia (DEM). O parlamentar não nega possibilidade concorrer à Câmara dos Deputados e fazer dobrada com PSD, caso Bianca ou Ângela tente a Assembleia Legislativa.

O vereador não demonstra preocupação com a concorrência de outro familiar: o irmão Diniz Lopes (PR), pré-candidato a deputado estadual no próximo ano. Aliás, na eleição de outubro, o democrata teve disputa com outro irmão pelo Parlamento mauaense, Zeca Lopes (PSDC) – não se elegeu –, enquanto o republicano concorria a prefeito.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Manoel Lopes tenta emplacar dobradinha

Democrata consultará DEM para sair a deputado federal; filha ou mulher pode sair a estadual pelo PSD

Bruno Coelho
Do Diário do Grande ABC

01/07/2013 | 07:05


Uma dobrada familiar pode se concretizar na eleição de 2014 em Mauá. Isso porque o vereador Manoel Lopes (DEM) tentará articular junto ao ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) a candidatura da filha e presidente do PSD local, Bianca Donatiello, ou da mulher, Ângela Donatiello. Ao mesmo tempo, o parlamentar consulta o DEM para ver qual o seu papel no próximo ano, podendo sair a deputado federal.

O democrata busca emplacar filha no cenário político de Mauá, também pensando em 2016. Manoel vislumbra a possibilidade de sair candidato a prefeito. Por essa razão, a candidatura de Bianca seria apenas o primeiro passo para ela disputar a vereança, caso o pai vise o Paço. Ele ainda não descarta a mulher, ex-secretária de Educação no governo do ex-prefeito Leonel Damo (PMDB).

“Se a Ângela ou minha filha pedir para ser candidato (a vereador) no meu lugar, não negarei isso a elas. (Sobre candidatura ao Paço em 2016), tenho nome limpo e aqueles que não gostam de mim não tem o que me bater”, argumentou.

Manoel espera para as próximas semanas a visita de Kassab no município para solicitar ao ex-prefeito aval em prol da filha ou da mulher. Sobre o seu futuro em 2014, ele também conversará com secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Rodrigo Garcia (DEM). O parlamentar não nega possibilidade concorrer à Câmara dos Deputados e fazer dobrada com PSD, caso Bianca ou Ângela tente a Assembleia Legislativa.

O vereador não demonstra preocupação com a concorrência de outro familiar: o irmão Diniz Lopes (PR), pré-candidato a deputado estadual no próximo ano. Aliás, na eleição de outubro, o democrata teve disputa com outro irmão pelo Parlamento mauaense, Zeca Lopes (PSDC) – não se elegeu –, enquanto o republicano concorria a prefeito.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;