Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tião descarta
outra inauguração
da Câmara

Orlando Filho/29.05.2013/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Petista não demonstra interesse em fixar a terceira placa no prédio para destacar sua gestão


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

30/06/2013 | 07:07


O presidente da Câmara de São Bernardo, Tião Mateus (PT), rechaçou realizar outra cerimônia de inauguração do novo prédio do Legislativo, previsto para ficar pronto nesta semana. “Já tem muita placa neste prédio”, disse o petista, que não demonstra interesse em fixar a terceira placa no espaço para destacar sua gestão à frente da presidência da Casa.

A construção recebeu duas placas, instaladas à direita da escada rolante, na entrada do novo prédio. A placa maior indica os 21 vereadores da legislatura passada, ressaltando a mesa diretora, o prefeito Luiz Marinho (PT) e o vice-prefeito Frank Aguiar (PTB). A outra denominação, um pouco menor, faz referência aos atuais parlamentares e homenageia a juíza eleitoral Ana Lúcia Siqueira de Figueiredo, titular da 174ª zona eleitoral de São Bernardo, que empossou os 28 vereadores, Marinho e Frank em 1° de janeiro.

Após consulta do munícipe Marcelo Sarti, via Lei de Acesso à Informação, a direção da Câmara informou que as placas não possuem nota fiscal. Minami alegou que as denominações não tinham nota porque foram reaproveitadas da antiga estrutura e instaladas como cortesia da empreiteira Ubiratan, responsável pela construção do anexo I da Casa, onde ficam os gabinetes dos parlamentares.

Ainda em obras, o prédio do Legislativo foi inaugurado em 12 de dezembro de 2012, data da última sessão da legislatura passada. Nem mesmo a presença de operários trabalhando e o forte cheiro de tinta em alguns ambientes impediu a pompa do evento promovido pelo ex-chefe da Câmara Hiroyuki Minami (PSDB), idealizador da obra.

Minami autorizou a utilização do espaço mesmo sem alvará e o AVCB (Alto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), que resultou no impedimento da utilização do prédio para as primeiras sessões do ano. Os trabalhos foram conduzidos de forma improvisada na Faculdade de Direito e na Associação dos Funcionários Públicos.

A construção do novo prédio do Legislativo começou em novembro de 2011, orçada inicialmente em R$ 28,4 milhões e prevista para ser entregue em novembro de 2012, o que não aconteceu. Minami alegou a necessidade de R$ 6,5 milhões para finalizar a parte destinada aos setores administrativos e para a compra de mobiliário.

O tucano solicitou o montante para Marinho, que negou, justificando que poderia ferir a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), a qual não autoriza investimentos que não estavam previstos no Orçamento vigente do Paço. O recurso teve que ser retirado da peça de execução da Casa para este ano, de R$ 69 milhões.

Prevista para ser finalmente concluída em 30 de março, a construtora Cronacon pediu mais 90 dias para concluir os trabalhos. Após um mês de análise, a direção da Câmara prorrogou o fim das intervenções até o começo de julho.

MAIS IMPORTANTE

Escolhido para presidir a Câmara de São Bernardo no biênio 2013-2015, Tião Mateus (PT) afirmou que seu mandato parlamentar é mais importante do que gerenciar o Legislativo da maior cidade do Grande ABC. Para ele, a presidência da Casa é transitória, já o mandato vai até dezembro de 2016.

“Ser presidente da Câmara não me sobe a cabeça, quem me elegeu foi o povo. Representarei a Casa por dois anos e depois vou continuar meu mandato. Estou aqui despachando, recebendo pessoas, administrando o espaço, mas também estou nos bairros para representar meu mandato”, frisou o petista.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;