Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Contrabaixo dita o ritmo da Orquestra Sinfônica

Concerto de Carl Ditters Von Dittersdorf é destaque no repertório


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

29/06/2013 | 07:10


A Orquestra Sinfônica de Santo André tem encontro marcado com o público no fim de semana. O grupo volta a subir ao palco do Teatro Municipal para apresentações hoje e amanhã, ambas a partir das 20h. A entrada é gratuita e os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência. Parte do espaço já está destinada a convidados que fizeram inscrição prévia para garantir lugar nas performances. A expectativa é de que 50% dos lugares estejam abertos nos dias dos shows.

Sob a batuta do maestro Carlos Moreno, os músicos irão interpretar o 'Concerto Nº2 em Mi Maior para Contrabaixo e Orquestra', do austríaco Carl Ditters Von Dittersdorf (1739-1799), considerado um dos primeiros a escrever composição específica para o instrumento e um dos expoentes do período romântico. A canção integra conjunto de 12 sinfonias especiais montado especificamente para esse tipo de formação, pouco convencional à época. Quem promete se destacar na execução é o contrabaixista Sanderson Cortez, que divide seu tempo entre as atividades da Ossa com a agenda da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

O repertório também contará com o clássico 'Nabucco', do italiano Giuseppe Verdi (1813-1901), conhecido por assinar famosas óperas como 'Rigoletto' e 'La Traviata'. Elaborada em 1841, a obra tem como pano de fundo a história do Rei Nabucodonosor, regente da antiga Babilônia, contra judeus.

Outro concerto programado é a 'Sinfonia Nº3 em Lá Menor', homenagem ao alemão Félix Mendelssohn-Bartholdy (1809-1847), famoso por ser o autor da icônica Marcha Nupcial integrante da suíte de 'Sonho de uma Noite de Verão'. Como os esboços do trabalho foram feitos por Mendelssohn por volta de 1829 em viagem pela Escócia, a obra ficou conhecida como Sinfonia Escocesa, sendo colocada em partitura somente em 1842. Sua sonoridade é marcada pela interpretação em sequência dos quatro andamentos.

A Ossa começa as apresentações com a primeira audição de Abertura Festiva Brasileira, de autoria de Rodrigo Hypólito.

Orquestra Sinfônica de Santo André Concerto. Hoje e amanhã, às 20h. No Teatro Municipal de Santo André – Praça 4º Centenário. Tel.: 4433-0789. Grátis.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Contrabaixo dita o ritmo da Orquestra Sinfônica

Concerto de Carl Ditters Von Dittersdorf é destaque no repertório

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

29/06/2013 | 07:10


A Orquestra Sinfônica de Santo André tem encontro marcado com o público no fim de semana. O grupo volta a subir ao palco do Teatro Municipal para apresentações hoje e amanhã, ambas a partir das 20h. A entrada é gratuita e os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência. Parte do espaço já está destinada a convidados que fizeram inscrição prévia para garantir lugar nas performances. A expectativa é de que 50% dos lugares estejam abertos nos dias dos shows.

Sob a batuta do maestro Carlos Moreno, os músicos irão interpretar o 'Concerto Nº2 em Mi Maior para Contrabaixo e Orquestra', do austríaco Carl Ditters Von Dittersdorf (1739-1799), considerado um dos primeiros a escrever composição específica para o instrumento e um dos expoentes do período romântico. A canção integra conjunto de 12 sinfonias especiais montado especificamente para esse tipo de formação, pouco convencional à época. Quem promete se destacar na execução é o contrabaixista Sanderson Cortez, que divide seu tempo entre as atividades da Ossa com a agenda da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.

O repertório também contará com o clássico 'Nabucco', do italiano Giuseppe Verdi (1813-1901), conhecido por assinar famosas óperas como 'Rigoletto' e 'La Traviata'. Elaborada em 1841, a obra tem como pano de fundo a história do Rei Nabucodonosor, regente da antiga Babilônia, contra judeus.

Outro concerto programado é a 'Sinfonia Nº3 em Lá Menor', homenagem ao alemão Félix Mendelssohn-Bartholdy (1809-1847), famoso por ser o autor da icônica Marcha Nupcial integrante da suíte de 'Sonho de uma Noite de Verão'. Como os esboços do trabalho foram feitos por Mendelssohn por volta de 1829 em viagem pela Escócia, a obra ficou conhecida como Sinfonia Escocesa, sendo colocada em partitura somente em 1842. Sua sonoridade é marcada pela interpretação em sequência dos quatro andamentos.

A Ossa começa as apresentações com a primeira audição de Abertura Festiva Brasileira, de autoria de Rodrigo Hypólito.

Orquestra Sinfônica de Santo André Concerto. Hoje e amanhã, às 20h. No Teatro Municipal de Santo André – Praça 4º Centenário. Tel.: 4433-0789. Grátis.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;