Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Japão pode enfrentar problema uruguaio

Asiáticos devem treinar no campo do Sta.Cruz, prejudicado pelas chuvas


das Agências

18/06/2013 | 07:00


A seleção japonesa deve viver o mesmo drama enfrentado pelos uruguaios na semana passada, a falta de condições ideais do gramado do Estádio do Arruda, do Santa Cruz, para treinar hoje. O campo está danificado pelas chuvas dos últimos dias. Amanhã, os japoneses encaram a Itália, às 19h, na Arena Pernambuco, em Recife.

A falta de infraestrutura nos campos oficiais de treinamentos na Copa das Confederações é um dos problemas mais visíveis na capital pernambucana.

Os japoneses têm uma segunda opção se a casa do Santa Cruz for vetada pela Fifa. Poderão correr no CT do Náutico, que recebeu a Espanha durante dois dias e exibe a mesma grama da arena. Uma das estrelas do time, Heisuke Honda, queixou-se de dores na coluna e só fez exercícios leves.

Depois da derrota por 3 a 0 para o Brasil, a equipe do técnico italiano Alberto Zaccheroni lamentou o início ruim na competição e apontou para grande distância técnica entre as duas seleções. “Era uma diferença enorme. Era como se fôssemos jogadores juvenis e eles profissionais. É muito frustrante. Na verdade, o abismo entre nós e eles (brasileiros) deve estar maior que da última vez”, lamentou o meia Nagatomo, da Inter de Milão.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Japão pode enfrentar problema uruguaio

Asiáticos devem treinar no campo do Sta.Cruz, prejudicado pelas chuvas

das Agências

18/06/2013 | 07:00


A seleção japonesa deve viver o mesmo drama enfrentado pelos uruguaios na semana passada, a falta de condições ideais do gramado do Estádio do Arruda, do Santa Cruz, para treinar hoje. O campo está danificado pelas chuvas dos últimos dias. Amanhã, os japoneses encaram a Itália, às 19h, na Arena Pernambuco, em Recife.

A falta de infraestrutura nos campos oficiais de treinamentos na Copa das Confederações é um dos problemas mais visíveis na capital pernambucana.

Os japoneses têm uma segunda opção se a casa do Santa Cruz for vetada pela Fifa. Poderão correr no CT do Náutico, que recebeu a Espanha durante dois dias e exibe a mesma grama da arena. Uma das estrelas do time, Heisuke Honda, queixou-se de dores na coluna e só fez exercícios leves.

Depois da derrota por 3 a 0 para o Brasil, a equipe do técnico italiano Alberto Zaccheroni lamentou o início ruim na competição e apontou para grande distância técnica entre as duas seleções. “Era uma diferença enorme. Era como se fôssemos jogadores juvenis e eles profissionais. É muito frustrante. Na verdade, o abismo entre nós e eles (brasileiros) deve estar maior que da última vez”, lamentou o meia Nagatomo, da Inter de Milão.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;