Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Alckmin inicia concessão de cinco aeroportos



17/06/2013 | 15:03


O governador Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta segunda-feira, 17, o início do processo de concessão de cinco aeroportos regionais de São Paulo. Os aeródromos dos Amarais, em Campinas, de Jundiaí, de Bragança Paulista, de Ubatuba e de Itanhaém serão concedidos em um único pacote e destinados à aviação executiva, segundo o governador.

O Estado de São Paulo prevê conceder 19 aeroportos à iniciativa privada, um investimento estimado de R$ 1,6 bilhão, dentro do programa do governo federal de fomentar o uso das pistas regionais. Alckmin esteve em Campinas para o anúncio da obra de prolongamento do anel viário Magalhães Teixeira, no trecho entre as rodovias Anhanguera e dos Bandeirantes.

Na obra, de 5,8 quilômetros, o investimento previsto é de R$ 149,1 milhões e o cronograma estima 24 meses para a conclusão. O anel viário liga atualmente as rodovias D. Pedro 1º à Anhanguera. Após a ligação à Bandeirantes, a pista deve ser ampliada até a Rodovia Santos Dumont.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alckmin inicia concessão de cinco aeroportos


17/06/2013 | 15:03


O governador Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta segunda-feira, 17, o início do processo de concessão de cinco aeroportos regionais de São Paulo. Os aeródromos dos Amarais, em Campinas, de Jundiaí, de Bragança Paulista, de Ubatuba e de Itanhaém serão concedidos em um único pacote e destinados à aviação executiva, segundo o governador.

O Estado de São Paulo prevê conceder 19 aeroportos à iniciativa privada, um investimento estimado de R$ 1,6 bilhão, dentro do programa do governo federal de fomentar o uso das pistas regionais. Alckmin esteve em Campinas para o anúncio da obra de prolongamento do anel viário Magalhães Teixeira, no trecho entre as rodovias Anhanguera e dos Bandeirantes.

Na obra, de 5,8 quilômetros, o investimento previsto é de R$ 149,1 milhões e o cronograma estima 24 meses para a conclusão. O anel viário liga atualmente as rodovias D. Pedro 1º à Anhanguera. Após a ligação à Bandeirantes, a pista deve ser ampliada até a Rodovia Santos Dumont.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;