Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sidão aumenta em
55% custo para
manutenção em rede

Ricardo Trida/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Esse é o segundo certame feito pelo presidente da Câmara que sofre aumento superior à inflação


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

14/06/2013 | 00:04


O presidente da Câmara de São Caetano, Sidnei Bezerra da Silva, o Sidão (PSB), declarou a empresa Dannatel vencedora da licitação para executar manutenção preventiva, corretiva e roteamento no cabeamento da rede de dados e de voz do Legislativo. A companhia, que é a atual prestadora do serviço, vai receber R$ 77, 76 mil por ano. A quantia é 55% maior em relação ao contrato anterior, que pagava R$ 50,4 mil anuais.


Esse é a segunda licitação promovida por Sidão ligada ao setor de TI (Tecnologia da Informação) em que o valor do novo contrato tem índices superiores à variação da inflação, que foi de 6,87% de abril a maio, segundo o Dieese.
A Dannatel ainda será avaliada antes de formalizar o contrato e corre risco de ser reprovada. A segunda colocada no certame, a SSD, apresentou proposta ainda maior, com R$ 79,2 mil por ano.


De acordo com a Câmara, a concorrência foi necessária por conta do acordo anterior ter expirado. Sobre o aumento do custo, a Casa argumenta que na legislatura passada o plenário era composto por 12 vereadores e passou para as atuais 19 cadeiras. Esse aumento é referente a 58,33%, porém, não pode ser aplicado diretamente na estrutura oferecida aos parlamentares. Mesmo que a ampliação de representantes no Legislativo tenha elevado o gasto com equipamentos de informática para equipar os sete novos gabinetes, a rede já está instalada e em funcionamento.
 

A outra licitação executada pela administração de Sidão, que teve o custo elevado em 31,68%, para fornecimento de softwares de sistemas de informação internos, segue sem um desfecho. A atual prestadora do serviço, Mirasoft, que foi derrotada mesmo oferecendo proposta de melhor custo benefício, ganhou pedido de impugnação da última colocada do certame, a RDM.
 

A empresa Governa é considerada vencedora do certame com segunda proposta em termos de custos, porém, ainda não fez apresentação de seus serviços à Casa. O valor cobrado será de R$ 1,6 milhão, ou R$ 133,3 mil mensais. O contrato será válido por um ano e poderá ser prorrogado por mais quatro. A Mirasoft cobra R$ 1,212 milhão, ou R$ 101 mil mensais, pelo mesmo trabalho. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sidão aumenta em
55% custo para
manutenção em rede

Esse é o segundo certame feito pelo presidente da Câmara que sofre aumento superior à inflação

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

14/06/2013 | 00:04


O presidente da Câmara de São Caetano, Sidnei Bezerra da Silva, o Sidão (PSB), declarou a empresa Dannatel vencedora da licitação para executar manutenção preventiva, corretiva e roteamento no cabeamento da rede de dados e de voz do Legislativo. A companhia, que é a atual prestadora do serviço, vai receber R$ 77, 76 mil por ano. A quantia é 55% maior em relação ao contrato anterior, que pagava R$ 50,4 mil anuais.


Esse é a segunda licitação promovida por Sidão ligada ao setor de TI (Tecnologia da Informação) em que o valor do novo contrato tem índices superiores à variação da inflação, que foi de 6,87% de abril a maio, segundo o Dieese.
A Dannatel ainda será avaliada antes de formalizar o contrato e corre risco de ser reprovada. A segunda colocada no certame, a SSD, apresentou proposta ainda maior, com R$ 79,2 mil por ano.


De acordo com a Câmara, a concorrência foi necessária por conta do acordo anterior ter expirado. Sobre o aumento do custo, a Casa argumenta que na legislatura passada o plenário era composto por 12 vereadores e passou para as atuais 19 cadeiras. Esse aumento é referente a 58,33%, porém, não pode ser aplicado diretamente na estrutura oferecida aos parlamentares. Mesmo que a ampliação de representantes no Legislativo tenha elevado o gasto com equipamentos de informática para equipar os sete novos gabinetes, a rede já está instalada e em funcionamento.
 

A outra licitação executada pela administração de Sidão, que teve o custo elevado em 31,68%, para fornecimento de softwares de sistemas de informação internos, segue sem um desfecho. A atual prestadora do serviço, Mirasoft, que foi derrotada mesmo oferecendo proposta de melhor custo benefício, ganhou pedido de impugnação da última colocada do certame, a RDM.
 

A empresa Governa é considerada vencedora do certame com segunda proposta em termos de custos, porém, ainda não fez apresentação de seus serviços à Casa. O valor cobrado será de R$ 1,6 milhão, ou R$ 133,3 mil mensais. O contrato será válido por um ano e poderá ser prorrogado por mais quatro. A Mirasoft cobra R$ 1,212 milhão, ou R$ 101 mil mensais, pelo mesmo trabalho. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;