Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Empresário diz que segue prática do mercado


Tauana Marin

28/05/2013 | 07:07


O empresário Milton Bigucci, proprietário da construtora que leva seu nome e presidente da Acigabc (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), afirmou, ontem durante evento da entidade, que a ação judicial que proíbe cobrança de taxas abusivas, já está nas mãos do departamento jurídico da empresa. “Eles vão analisar e estudar se cabe recurso”.

 

Segundo ele, a MBigucci pratica o mesmo estilo de contrato do mercado imobiliário, assim como outras companhias atuantes no setor. “Não fazemos nada de diferente.”

 

O empresário diz que a Acigabc, enquanto entidade do setor, vai acompanhar “todo o processo” e seguir as determinações legais. “É o que podemos fazer. Vamos aguardar.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresário diz que segue prática do mercado

Tauana Marin

28/05/2013 | 07:07


O empresário Milton Bigucci, proprietário da construtora que leva seu nome e presidente da Acigabc (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), afirmou, ontem durante evento da entidade, que a ação judicial que proíbe cobrança de taxas abusivas, já está nas mãos do departamento jurídico da empresa. “Eles vão analisar e estudar se cabe recurso”.

 

Segundo ele, a MBigucci pratica o mesmo estilo de contrato do mercado imobiliário, assim como outras companhias atuantes no setor. “Não fazemos nada de diferente.”

 

O empresário diz que a Acigabc, enquanto entidade do setor, vai acompanhar “todo o processo” e seguir as determinações legais. “É o que podemos fazer. Vamos aguardar.”

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;