Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Motim deixa três
Feridos na Fundação
Casa de S.Bernardo

Marina Brandão/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Foi o segundo tumulto registrado na semana envolvendo menores infratores da região


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

25/05/2013 | 07:00


Um motim em uma das duas unidades da Fundação Casa de São Bernardo, no bairro Batistini, deixou três servidores feridos na noite de quinta-feira. A confusão teve início no refeitório, por volta das 20h15, quando um adolescente tentou estrangular um dos funcionários que os conduzia para a área dos dormitórios.

Este é o segundo episódio de início de rebelião em centros socioeducativos no Grande ABC registrado na semana. No domingo à noite, quatro pessoas se machucaram levemente após tumulto na Fundação Casa de Mauá.

O conflito de São Bernardo foi protagonizado por 34 internos com idade entre 15 e 18 anos, que utilizaram objetos cortantes e barras de ferro para agredir e fazer reféns os 13 servidores que estavam no local. Durante o tumulto, foram quebradas cadeiras, televisão e computadores, além de equipamentos do ambulatório, das salas de aula e dormitórios. Janelas e cadeados também foram danificados.

A Polícia Militar foi acionada para permanecer de prontidão do lado de fora da unidade para evitar a fuga de internos. Demorou cerca de 45 minutos para que os servidores e menores entrassem em acordo. Após a negociação, os adolescentes foram encaminhados para a quadra de esportes e, depois de revistados, seguiram para os dormitórios.

O servidor da Fundação Casa ferido tem 45 anos e foi levado para o PS (Pronto-Socorro) Central da cidade com a ajuda de funcionários da unidade. Ele foi atendido pela equipe médica e liberado. Outros dois funcionários tiveram ferimentos leves, mas passam bem. O centro tem capacidade para atender até 56 adolescentes e, no momento da ocorrência, atendia 61.

A Fundação Casa informou que a Corregedoria Geral abriu sindicância para apurar a causa do movimento de indisciplina e que, por meio da comissão de avaliação disciplinar, formada por funcionários de várias áreas do centro, a direção da unidade aplicará sanção disciplinar aos adolescentes envolvidos. Além disso, o Judiciário e os familiares também serão comunicados sobre as ocorrências.

INVESTIGAÇÃO

O ato infracional foi registrado no 3º DP (Assunção) e encaminhado para o 8º DP (Alvarenga), onde será investigado. O delegado titular do distrito, Baldomero Girbal Cortada Neto, instaurou inquérito policial e informou que ouvirá todos os envolvidos no caso para apurar as devidas responsabilidades.

Em 2012, foram três rebeliões e fuga

O ano de 2012 foi turbulento para a Fundação Casa de São Bernardo. Além de ser alvo de denúncias de maus-tratos por parte do Conselho Tutelar, o centro socioeducativo motivou pedido de atuação mais efetiva do MP (Ministério Público).

A última confusão registrada na unidade de São Bernardo foi em dezembro, quando 36 menores fugiram durante tumulto, também na unidade 1. Entre julho e outubro, as duas unidades de São Bernardo registraram três rebeliões e duas tentativas de motim fracassadas. Os funcionários ameaçaram entrar em greve após serem agredidos.

INDISCIPLINA

Para o presidente do Sitraemfa (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança, ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo), Julio Alves, a unidade de São Bernardo vem apresentando problemas desde o ano passado. "Já fizemos várias intervenções nas áreas de saúde e pedagogia, mas temos número pequeno de servidores como em todas as unidades", diz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Motim deixa três
Feridos na Fundação
Casa de S.Bernardo

Foi o segundo tumulto registrado na semana envolvendo menores infratores da região

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

25/05/2013 | 07:00


Um motim em uma das duas unidades da Fundação Casa de São Bernardo, no bairro Batistini, deixou três servidores feridos na noite de quinta-feira. A confusão teve início no refeitório, por volta das 20h15, quando um adolescente tentou estrangular um dos funcionários que os conduzia para a área dos dormitórios.

Este é o segundo episódio de início de rebelião em centros socioeducativos no Grande ABC registrado na semana. No domingo à noite, quatro pessoas se machucaram levemente após tumulto na Fundação Casa de Mauá.

O conflito de São Bernardo foi protagonizado por 34 internos com idade entre 15 e 18 anos, que utilizaram objetos cortantes e barras de ferro para agredir e fazer reféns os 13 servidores que estavam no local. Durante o tumulto, foram quebradas cadeiras, televisão e computadores, além de equipamentos do ambulatório, das salas de aula e dormitórios. Janelas e cadeados também foram danificados.

A Polícia Militar foi acionada para permanecer de prontidão do lado de fora da unidade para evitar a fuga de internos. Demorou cerca de 45 minutos para que os servidores e menores entrassem em acordo. Após a negociação, os adolescentes foram encaminhados para a quadra de esportes e, depois de revistados, seguiram para os dormitórios.

O servidor da Fundação Casa ferido tem 45 anos e foi levado para o PS (Pronto-Socorro) Central da cidade com a ajuda de funcionários da unidade. Ele foi atendido pela equipe médica e liberado. Outros dois funcionários tiveram ferimentos leves, mas passam bem. O centro tem capacidade para atender até 56 adolescentes e, no momento da ocorrência, atendia 61.

A Fundação Casa informou que a Corregedoria Geral abriu sindicância para apurar a causa do movimento de indisciplina e que, por meio da comissão de avaliação disciplinar, formada por funcionários de várias áreas do centro, a direção da unidade aplicará sanção disciplinar aos adolescentes envolvidos. Além disso, o Judiciário e os familiares também serão comunicados sobre as ocorrências.

INVESTIGAÇÃO

O ato infracional foi registrado no 3º DP (Assunção) e encaminhado para o 8º DP (Alvarenga), onde será investigado. O delegado titular do distrito, Baldomero Girbal Cortada Neto, instaurou inquérito policial e informou que ouvirá todos os envolvidos no caso para apurar as devidas responsabilidades.

Em 2012, foram três rebeliões e fuga

O ano de 2012 foi turbulento para a Fundação Casa de São Bernardo. Além de ser alvo de denúncias de maus-tratos por parte do Conselho Tutelar, o centro socioeducativo motivou pedido de atuação mais efetiva do MP (Ministério Público).

A última confusão registrada na unidade de São Bernardo foi em dezembro, quando 36 menores fugiram durante tumulto, também na unidade 1. Entre julho e outubro, as duas unidades de São Bernardo registraram três rebeliões e duas tentativas de motim fracassadas. Os funcionários ameaçaram entrar em greve após serem agredidos.

INDISCIPLINA

Para o presidente do Sitraemfa (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança, ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo), Julio Alves, a unidade de São Bernardo vem apresentando problemas desde o ano passado. "Já fizemos várias intervenções nas áreas de saúde e pedagogia, mas temos número pequeno de servidores como em todas as unidades", diz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;