Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Cheios de Talento

Quatro meninos foram escolhidos para se revezar na tarefa de interpretar Michael Jackson em musical


Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

19/05/2013 | 07:00


Marina Brandão

Michael Jackson (1958-2009) começou a cantar aos 5 anos. Desde então, muita gente cresceu ouvindo suas músicas. Já os mais novos descobriram os sucessos do astro com familiares.

Foi por curtir muito o Rei do Pop, além do talento e dedicação, que Pedro Henrique Dias, 10 anos, Isacque Lopes, 12, Diego Jimenez, 12, e Felipe Adetokunbo, 13, conquistaram vaga no musical Thriller Live Brasil Tour, em cartaz na Capital.


Os garotos - de São Paulo e do Rio de Janeiro - se revezam na tarefa de interpretar o cantor na infância. "É fantástico. Ele é reconhecido no mundo como o Rei do Pop. Damos o nosso melhor para transmitir a mesma emoção que passava ao público", explica Pedro Henrique, que já fez o musical Priscilla - Rainha do Deserto.
Para os outros, esse é o primeiro trabalho profissional. "Quando vi o Michael fazendo moonwalk em um DVD do meu pai, pensei: ‘É isso que quero para minha vida'", diz Felipe.


O figurino é colorido e usam peruca para mostrar como era o visual do cantor na infância. "Fica presa na cabeça com grampos", revela Isacque. Alguns amigos do garoto só acreditaram que ele faz o musical após assisti-lo. "Treinei muito para estar onde estou."Já Diego acredita que conseguiu a vaga graças à mãe, que é fã do astro. "Criei interesse e comecei a dançar e a cantar em casa. O fato de gostar muito dele me ajudou."


Assim como os meninos, a cantora e atriz Leilah Moreno está realizando um sonho. "Fazia dublagem das músicas do Michael desde os 4 anos. Quando minha mãe perguntava o que eu queria ser, dizia: ‘Michael Jackson'. Me descobri artista por causa dele."



Preparação levou quatro meses

Depois da seleção com cerca de 60 garotos, o quarteto escolhido passou por preparação de quatro meses para dar vida ao Rei do Pop. "Foi um grande desafio escolher crianças que tivessem o tom de voz necessário para alcançar as notas musicais do Michael, além do talento e capacidade de cantar e dançar", explica Edson Cabrera Junior, produtor do espetáculo.


A turma teve aulas de inglês com foco na pronúncia das letras das músicas. "Também aprendemos os significados, importantes para entender o que estamos cantando e passar mais emoção", diz Isacque.


Segundo Diego, a experiência foi fundamental para se aperfeiçoar. "Todos conheciam e já cantavam (as canções), mas conseguimos ter mais técnica." 
Os meninos tiveram ainda aulas de canto e dança. "Os dois são difíceis porque dançar e alcançar a voz aguda (fina) ao mesmo tempo exige muito treino", afirma Pedro Henrique.


O trabalho foi necessário para que o público perceba o talento dos garotos. Eles interpretam três músicas da época em que Michael cantava ao lado dos irmãos no Jackson 5. Também fazem participações em outras três canções junto dos adultos.


Com a convivência, os quatro viraram superamigos. "Um sempre ajuda o outro. A gente se diverte", diz Felipe.


ONDE - Thriller Live Brasil Tour está em cartaz no Credicard Hall (Av. das Nações Unidas, 17.955, tel.: 4003-5588), em São Paulo. Quintas e sextas, às 21h, aos sábados, às 17h30 e 21h30, e domingos, às 16h e 20h. Até 23 de junho. Ingresso: R$ 35 a R$ 250. Classificação livre.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cheios de Talento

Quatro meninos foram escolhidos para se revezar na tarefa de interpretar Michael Jackson em musical

Bruna Gonçalves
Do Diário do Grande ABC

19/05/2013 | 07:00


Marina Brandão

Michael Jackson (1958-2009) começou a cantar aos 5 anos. Desde então, muita gente cresceu ouvindo suas músicas. Já os mais novos descobriram os sucessos do astro com familiares.

Foi por curtir muito o Rei do Pop, além do talento e dedicação, que Pedro Henrique Dias, 10 anos, Isacque Lopes, 12, Diego Jimenez, 12, e Felipe Adetokunbo, 13, conquistaram vaga no musical Thriller Live Brasil Tour, em cartaz na Capital.


Os garotos - de São Paulo e do Rio de Janeiro - se revezam na tarefa de interpretar o cantor na infância. "É fantástico. Ele é reconhecido no mundo como o Rei do Pop. Damos o nosso melhor para transmitir a mesma emoção que passava ao público", explica Pedro Henrique, que já fez o musical Priscilla - Rainha do Deserto.
Para os outros, esse é o primeiro trabalho profissional. "Quando vi o Michael fazendo moonwalk em um DVD do meu pai, pensei: ‘É isso que quero para minha vida'", diz Felipe.


O figurino é colorido e usam peruca para mostrar como era o visual do cantor na infância. "Fica presa na cabeça com grampos", revela Isacque. Alguns amigos do garoto só acreditaram que ele faz o musical após assisti-lo. "Treinei muito para estar onde estou."Já Diego acredita que conseguiu a vaga graças à mãe, que é fã do astro. "Criei interesse e comecei a dançar e a cantar em casa. O fato de gostar muito dele me ajudou."


Assim como os meninos, a cantora e atriz Leilah Moreno está realizando um sonho. "Fazia dublagem das músicas do Michael desde os 4 anos. Quando minha mãe perguntava o que eu queria ser, dizia: ‘Michael Jackson'. Me descobri artista por causa dele."



Preparação levou quatro meses

Depois da seleção com cerca de 60 garotos, o quarteto escolhido passou por preparação de quatro meses para dar vida ao Rei do Pop. "Foi um grande desafio escolher crianças que tivessem o tom de voz necessário para alcançar as notas musicais do Michael, além do talento e capacidade de cantar e dançar", explica Edson Cabrera Junior, produtor do espetáculo.


A turma teve aulas de inglês com foco na pronúncia das letras das músicas. "Também aprendemos os significados, importantes para entender o que estamos cantando e passar mais emoção", diz Isacque.


Segundo Diego, a experiência foi fundamental para se aperfeiçoar. "Todos conheciam e já cantavam (as canções), mas conseguimos ter mais técnica." 
Os meninos tiveram ainda aulas de canto e dança. "Os dois são difíceis porque dançar e alcançar a voz aguda (fina) ao mesmo tempo exige muito treino", afirma Pedro Henrique.


O trabalho foi necessário para que o público perceba o talento dos garotos. Eles interpretam três músicas da época em que Michael cantava ao lado dos irmãos no Jackson 5. Também fazem participações em outras três canções junto dos adultos.


Com a convivência, os quatro viraram superamigos. "Um sempre ajuda o outro. A gente se diverte", diz Felipe.


ONDE - Thriller Live Brasil Tour está em cartaz no Credicard Hall (Av. das Nações Unidas, 17.955, tel.: 4003-5588), em São Paulo. Quintas e sextas, às 21h, aos sábados, às 17h30 e 21h30, e domingos, às 16h e 20h. Até 23 de junho. Ingresso: R$ 35 a R$ 250. Classificação livre.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;