Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rio Grande quer placas turísticas


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

17/04/2007 | 07:05


A Prefeitura de Rio Grande da Serra fechou parceria com o Centro Universitário Belas Artes, de São Paulo, para a reformulação de placas de informações. O projeto deve ser entregue em julho e está sendo desenvolvido pelos estudantes do 5º semestre do curso de Design Gráfico.

A iniciativa faz parte de uma série de investidas da Prefeitura para tentar colocar Rio Grande na rota turística do Estado. Nas placas, confeccionadas a partir de trilhos e dormentes de ferrovia, que remetem à história da cidade, devem constar informações sobre os atrativos do município.

Na lista, estão a pedreira, fechada na década de 1990, que forneceu os paralelepípedos que calçaram a Avenida Paulista; a estação de trens da cidade, a segunda mais antiga do Estado, construída em 1867 e que ainda preserva a arquitetura inglesa; e a Capela de Santa Cruz, erguida em 1611 e restaurada no início deste ano.

Ainda não foi definida a data de instalação das novas placas do projeto escolhido. Em função do orçamento apertado, a Prefeitura tentará estabelecer novas parcerias para colocar em prática o projeto. Além dos governos federal e estadual, o município também buscará financiamento junto à iniciativa privada. Em troca, os empresários poderão fazer inserções publicitárias nas placas.

A Faculdade Belas Artes deve enviar entre 20 e 30 propostas para Prefeitura, que se encarregará em selecionar o projeto vencedor. “Rio Grande sabe que hoje a única alternativa para seu desenvolvimento é o turismo. Por causa da lei de mananciais (que limita a ocupação do solo da cidade), não podemos atrair indústrias. Sabemos o que Rio Grande pode oferecer e vamos dar seqüência ao projeto de turismo”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico da cidade, Gilson Mendonça.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;