Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Pedreiro estupra filha adotiva de 11 anos



07/03/2009 | 07:00


A Justiça de Iraí (RS) decretou a prisão preventiva de um pedreiro de 51 anos acusado pelo Ministério Público de ter estuprado a filha adotiva de 11 anos, que está grávida de sete meses. O acusado está foragido e, até o final da tarde de ontem, não havia sido encontrado pela polícia.

A menina é filha biológica de uma sobrinha de sua madrasta, que assumiu a responsabilidade de criá-la, junto com seu companheiro - no caso, o pedreiro -, quando ela tinha seis meses de idade.

O Conselho Tutelar de Iraí levou o caso, em dezembro passado, à promotoria e à polícia. Durante a investigação, a garota chegou a dizer que o pai do filho que espera seria um colega de escola, mas depois revelou ter mantido relações sexuais com o padrasto. Em depoimento anexado ao inquérito na última quarta-feira, o pedreiro admitiu o ato.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;