Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Tarso Genro desmaia durante discurso de Evo Morales em La Paz


Da Agência Brasil

17/12/2007 | 09:46


Da AFPO ministro da Justiça, Tarso Genro, desmaiou neste domingo em Laz Paz durante cerimônia de assinatura do acordo para a construção de um corredor interoceânico envolvendo Bolívia, Brasil e Chile. Apesar do susto, ele passa bem.

O presidente boliviano Evo Morales fazia o último discurso da noite quando um estrondo o interrompeu. Tarso, que estava na primeira fileira, havia caído no chão. Foi atendido no local, com massagem cardíaca e máscara de ar comprimido, e em seguida levado para uma sala fora do salão principal do Palácio Quemado, sede do governo boliviano, de onde saiu de ambulância para a clínica.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, e a ministra da Saúde da Bolívia, Nila Heredia, correram para atendê-lo. As duas são médicas. Pouco depois, o médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cléber Araújo, apareceu para explicar que o ministro teve queda de pressão. "Baixou um pouquinho", segundo ele.

É comum visitantes se sentirem mal em La Paz, cidade que fica a 3.660 metros de altitude. Os índios aymara, originários da região, chamam esse mal da altitude de sorojchi.

A localização de La Paz ameaça deixar a cidade sem poder sediar jogos de futebol, fato criticado neste domingo pelo presidente Evo Morales. Segundo ele, a decisão recente da Fifa (Federação Internacional de Futebol) de proibir a prática do esporte em estádios a mais de 2.750 metros de altitude é uma discriminação.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tarso Genro desmaia durante discurso de Evo Morales em La Paz

Da Agência Brasil

17/12/2007 | 09:46


Da AFPO ministro da Justiça, Tarso Genro, desmaiou neste domingo em Laz Paz durante cerimônia de assinatura do acordo para a construção de um corredor interoceânico envolvendo Bolívia, Brasil e Chile. Apesar do susto, ele passa bem.

O presidente boliviano Evo Morales fazia o último discurso da noite quando um estrondo o interrompeu. Tarso, que estava na primeira fileira, havia caído no chão. Foi atendido no local, com massagem cardíaca e máscara de ar comprimido, e em seguida levado para uma sala fora do salão principal do Palácio Quemado, sede do governo boliviano, de onde saiu de ambulância para a clínica.

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, e a ministra da Saúde da Bolívia, Nila Heredia, correram para atendê-lo. As duas são médicas. Pouco depois, o médico do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cléber Araújo, apareceu para explicar que o ministro teve queda de pressão. "Baixou um pouquinho", segundo ele.

É comum visitantes se sentirem mal em La Paz, cidade que fica a 3.660 metros de altitude. Os índios aymara, originários da região, chamam esse mal da altitude de sorojchi.

A localização de La Paz ameaça deixar a cidade sem poder sediar jogos de futebol, fato criticado neste domingo pelo presidente Evo Morales. Segundo ele, a decisão recente da Fifa (Federação Internacional de Futebol) de proibir a prática do esporte em estádios a mais de 2.750 metros de altitude é uma discriminação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;