Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolívia e Argentina assinam acordo para exploração de petróleo e gás


Da AFP

18/10/2006 | 17:04


Os presidentes de Argentina, Néstor Kirchner, e Bolívia, Evo Morales, vão assinar nesta quinta-feira, na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra, um acordo para o fornecimento de gás para a Argentina pelos próximos 20 anos, que garantirá ingressos de US$ 17 bilhões aos bolivianos.

Morales e Kirchner estarão estabelecendo, assim, uma aliança estratégica que contempla, além do fornecimento de gás, a participação das estatais de Bolívia e Argentina, YPFB e Enarsa respectivamente, no negócio de transporte e exploração de hidrocarbonetos e derivados, segundo o vice-presidente boliviano, Alvaro García.

A meta, segundo García, é elevar as exportações de gás para a Argentina dos atuais 7,7 milhões de metros cúbicos diários para 27,7 milhões no lapso "de entre 10 e 20 anos". Para tal, será instalada uma unidade de liquefação de gás na localidade boliviana de Yacuiba e um gasoduto que percorrerá todo o nordeste da Bolívia.

La Paz reajustou recentemente o preço do gás vendido à Argentina, de US$ 3,5 para US$ 5 o milhão de BTU (Unidade Térmica Britânica), mas as negociações sobre o preço do gás vendido ao Brasil estão estancadas. A Bolívia tem atualmente no Brasil seu principal mercado para o gás, com venda média diária de 25 milhões de metros cúbicos.

"Este convênio do presidente Morales com o presidente Kirchner é um grande presente para a Bolívia, para seu povo, e nos torna o centro energético do continente, ocupando os dois mercados mais importantes da região", comemorou o vice-presidente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;