Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Journal: atrito entre FHC e governadores ameaça ajuste


Do Diário do Grande ABC

08/02/1999 | 10:55


O diário finaceiro The Wall Street Journal publicou nesta segunda matéria sobre os atritos entre o presidente Fernando Henrique Cardoso e os governadores de oposiçao e como isto pode afetar a implementaçao de novas medidas de austeridade fiscal, conforme exige o FMI. "A incerteza sobre como o Brasil pretende impor novas medidas de austeridade e o atrito cada vez maior entre o governo federal e um grupo de governadores de oposiçao sao, nuvens negras sobre os esforços do Brasil para estabilizar sua economia" diz o "Journal".

"Novas medidas de austeridade serao difíceis para o governo, que só no ano passado impôs um duro pacote de aumento de impostos e cortes no orçamento que chegaram a 28 bilhoes de reais. As novas medidas de aperto visam trazer mais 3,6 bilhoes a 8,1 bilhoes de reais, através de cortes nos gastos ou aumento de receita. Mas complicando o panorama está a intransigência cada vez maior de um grupo de sete governadores dissidentes, que insistem em que o presidente Fernando Henrique Cardoso reescalone a dívida de seus estados com a federaçao", afirma o Journal.

"Depois de encontro em Porto Alegre, os governadores divulgaram comunicado afirmando que romperiam discussoes com o presidente a nao ser que ele aceite o princípio da renegociaçao da dívida e retire as sançoes econômicas que o governo federal impôs aos estados que pararam de pagar seu débito junto à Uniao. O tom do comunicado era de desafio, apesar do presidente Fernando Henrique ter feitos gestos conciliatórios. Em resposta, o presidente cancelou planos de encontrá-los amanha", diz a matéria do "Journal".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Journal: atrito entre FHC e governadores ameaça ajuste

Do Diário do Grande ABC

08/02/1999 | 10:55


O diário finaceiro The Wall Street Journal publicou nesta segunda matéria sobre os atritos entre o presidente Fernando Henrique Cardoso e os governadores de oposiçao e como isto pode afetar a implementaçao de novas medidas de austeridade fiscal, conforme exige o FMI. "A incerteza sobre como o Brasil pretende impor novas medidas de austeridade e o atrito cada vez maior entre o governo federal e um grupo de governadores de oposiçao sao, nuvens negras sobre os esforços do Brasil para estabilizar sua economia" diz o "Journal".

"Novas medidas de austeridade serao difíceis para o governo, que só no ano passado impôs um duro pacote de aumento de impostos e cortes no orçamento que chegaram a 28 bilhoes de reais. As novas medidas de aperto visam trazer mais 3,6 bilhoes a 8,1 bilhoes de reais, através de cortes nos gastos ou aumento de receita. Mas complicando o panorama está a intransigência cada vez maior de um grupo de sete governadores dissidentes, que insistem em que o presidente Fernando Henrique Cardoso reescalone a dívida de seus estados com a federaçao", afirma o Journal.

"Depois de encontro em Porto Alegre, os governadores divulgaram comunicado afirmando que romperiam discussoes com o presidente a nao ser que ele aceite o princípio da renegociaçao da dívida e retire as sançoes econômicas que o governo federal impôs aos estados que pararam de pagar seu débito junto à Uniao. O tom do comunicado era de desafio, apesar do presidente Fernando Henrique ter feitos gestos conciliatórios. Em resposta, o presidente cancelou planos de encontrá-los amanha", diz a matéria do "Journal".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;