Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Homem morre no horário do jogo do Brasil e serviço funerário ‘some’


Adriana Ferraz
Do Diário do Grande ABC

24/06/2006 | 08:11


Rivadávia Rodrigues morreu quinta-feira, às 16h20, horário em que a Seleção do Brasil jogava na Alemanha com o Japão. A família do aposentado morto no Centro Hospitalar de Santo André diz que começou, então, a procurar pelo serviço funerário municipal. Mas o plantão, segundo a família, não funcionava. “Ligamos diversas vezes para a funerária e ninguém atendeu. Também fomos até o endereço onde funciona, e nada”, diz Cleusa Rodrigues.

Os parentes ficaram revoltados com a falta de funcionários. “É um absurdo ter de passar por uma situação dessas num momento de tanto sofrimento e por causa de um jogo de futebol. Cansamos de ligar e só conseguimos atendimento após o fim da partida de futebol”, afirma Cleusa. Em função da demora, a família só começou a velar o corpo do aposentado, de 84 anos, por volta da meia-noite.

A classificação do Brasil para as oitavas de final, na próxima terça-feira, levanta a discussão se o problema pode voltar a acontecer na cidade, mas, segundo informações da Prefeitura, a acusação não procede. O diretor do SFM (Serviço Funerário Municipal), Manoel Cunha de Castro, garante que estava de plantão no horário da partida. “Nós, inclusive, registramos dois pedidos de funeral, às 16h18 e 17h41”, afirma.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;