Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Itália expulsa oito estrangeiros suspeitos de terrorismo


Da AFP

18/11/2003 | 15:03


Um religioso islamita senegalês, seis marroquinos e um argelino, suspeitos de apoiarem organizações terroristas islâmicas, serão expulsos da Itália, informaram nesta terça-feira fontes oficiais. As ordens de expulsão foram assinadas pelo ministro do Interior, Giuseppe Pisanu.

O ministro anunciou na segunda-feira a expulsão do território italiano do imã de Carmagnola, o senegalês Abdul Qadir Fall Mamur, 46 anos, acusado de manter ligações com movimentos próximos do líder terrorista Osama Bin Laden.

Fall Mamur, residente desde 1982 da pequena localidade de Carmagnola, perto de Turim, norte da Itália, teve sua expulsão determinada por "perturbação da ordem pública", e por representar "um perigo para a segurança do Estado", segundo o decreto assinado pelo ministro.

O religioso senegalês, que admitiu ter conhecido Osama Bin Laden, afirmou que a Itália sofrerá novos atentados se não retirar seus militares do Iraque. As expulsões foram anunciadas depois dos funerais de Estado, nesta terça-feira, dos 19 italianos que morreram durante um atentado no Iraque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;