Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Justiça é culpada pela superlotação na Febem, diz Alckmin


Do Diário OnLine

01/09/2001 | 17:29


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), atribuiu neste sábado ao Poder Judiciário a superlotação nas unidades da Fundação Estadual para o Bem-Estar do Menor (Febem).

Alckmin alega que o aumento de internos nas unidades se deve à transferência de menores do interior para a capital, que é viabilizada com rapidez pela Justiça.

A Unidade de Atendimento Inicial (UAI) do Brás abrigava 408 jovens, em um espaço feito para acomodar 62 menores, de acordo com a Promotoria da Infância e da Juventude. Porém, o governador afirmou que a situação é emergencial e deve ser resolvida em um mês.

Para resolver a questão da superlotação, o governador afirmou que, ainda esse mês, duas novas unidades regionais serão inauguradas, em Sorocaba e em Marília, ambas com capacidade para 72 menores cada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;