Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians vence o Guarani e engrena a 'reação'


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

16/05/2004 | 21:37


O Corinthians está em paz. Pelo menos até quarta-feira, quando enfrenta o Vitória pelas quartas-de-final da Copa do Brasil e tem a chance de chegar à semifinal com um empate. Até lá, a ordem é comemorar o resultado positivo obtido neste domingo à noite, no Pacaembu, quando o Timão venceu o Guarani por 1 a 0, gol de Jô, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

Apesar do resultado magro, a torcida corintiana comemorou muito a vitória, que deixa o alvinegro com sete pontos no Brasileirão e distante da zona de rebaixamento para a Série B, além de embalar a equipe para a decisão de quarta-feira, em Salvador.

Logo nos primeiros minutos, o Guarani se revelou o adversário ideal para que o Corinthians pudesse sair da crise que até então assolava o Parque São Jorge. Sem um técnico efetivo – Zetti foi contratado e assume o comando da equipe hoje –, desarticulado em campo e apostando todas as suas fichas em Viola, que sequer tocou na bola em toda a partida, o Bugre ofereceu espaço para que o Timão, mesmo em má fase, pudesse jogar.

Não tão superior ao adversário, mas com um pouco mais de qualidade, o Corinthians – mesmo aos trancos e barrancos – passou a pressionar. Aos 11 minutos, Fabinho acertou um chutão de fora da área e Jean foi obrigado a executar grande defesa.

O desacerto do Guarani se mostrou aos 32 minutos, quando o Corinthians abriu o marcador. A zaga não se deu conta de que o garoto Jô estava livre dentro da área. Gil localizou-o e fez excelente lançamento. O atacante teve apenas o trabalho de proteger a bola e bater de esquerda, na saída de Jean.

O Guarani quase conquistou o empate no último minuto da etapa. O lateral Marlon, ex-São Caetano, acertou um chutão de fora da área e Fábio Costa impediu o gol ao voar no ângulo direito.

O Corinthians veio para o segundo tempo motivado pelo resultado favorável e pressionou o Guarani. Aos 12 minutos, num escanteio, Marcelo Ramos quase fez o segundo. Ele cabeceou livre e Jean colocou para escanteio.

O Guarani chegou pela primeira vez ao ataque somente aos 26 minutos, quando Roncato bateu rasteiro, de virada, e Fábio Costa fez excelente defesa no canto esquerdo.

O Timão teve ainda a chance de ampliar no lance em que Rincón recebeu de Gil no interior da área, mas na hora da conclusão, o goleiro Jean apareceu mais uma vez para praticar a defesa.

Zetti – O Guarani apresenta nesta segunda Zetti como seu treinador. Depois de tentar a contratação de Tite, Geninho, Mário Sérgio e Lori Sandri, o Bugre buscou o vice-campeão estadual pelo Paulista. Zetti vai receber R$ 50 mil de salários e mais R$ 100 mil de luvas – no Paulista, ele ganhava R$ 16 mil.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;