Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Irã condena 47 por pornografia


Da AFP

26/12/2002 | 13:08


A justiça de Ahwaz (Sudoeste do Irã) condenou 47 pessoas à flagelação e a fecharem suas locadoras de vídeo por terem vendido “filmes indecentes e obscenos”, informou nesta quinta-feira o jornal Afarinesh. A posse ou cessão de material pornográfico no Irã são castigadas com chicotadas, prisões ou multas.

O promotor geral da província de Juzistan, Amir Abbas Sohrab Beigh, assegurou que “as forças de ordem realizaram no domingo uma grande operação, da qual participaram mil policiais, contra 102 locadoras e centros de produção de material imoral”.

Segundo o promotor, houve enfrentamentos entre a polícia e jovens do bairro Kuye Alavi de Ahwaz durante as operações. Cerca de cem pessoas foram presas.

As autoridades encontraram na cidade de Ahwaz uma quantidade considerável de fotografias e vídeos, informou a imprensa na segunda-feira. Segundo Beigh, os filmes pornográficos são um “veneno para a sociedade” e até hoje “as autoridades não combatiam este flagelo com eficácia”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;