Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sinfônica andreense inicia seu ano artístico neste sábado


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

24/03/2006 | 08:52


Com um concerto gratuito, neste sábado, no Cesa Cata Preta, a Orquestra Sinfônica de Santo André abre a temporada 2006. O programa promete ser leve e, no palco do auditório, haverá uma formação especial, com 12 instrumentos de sopro, além de contrabaixo e violoncelo. A regência é de Flavio Florence.

Apresentar-se em espaço alternativo não é exatamente novidade na trajetória da Orquestra, mas este ano Florence quer reforçar essa fatia da programação: "Sempre fizemos um trabalho descentralizado, com a intenção de formar público. Vou usar uma frase do Milton Nascimento, que virou clichê, mas tem verdade: ‘Todo artista tem de ir onde o povo está’".

As intenções artísticas da orquestra casaram perfeitamente com essa proposta mais popular. Isso porque, para os dois primeiros concertos da temporada, Florence "dividiu" a orquestra em grupos de sopros e cordas – o segundo a ser regido no dia 1º, por Claudia Feres, no Centro de Formação de Professores – e essas formações reduzidas facilitam a ida a espaços alternativos. O outro ponto é que os programas dos respectivos concertos são alegres e festivos.

O objetivo artístico principal dessa "dobradinha" é, segundo o maestro, apresentar Mozart, pois em 2006 são celebrados os 250 anos de seu nascimento. "Nesses dois concertos, queremos mostrar Mozart e as influências que ele exerceu sobre seus sucessores. Serão duas serenatas dele e duas de compositores bem posteriores, que são Dvorák e Tchaikovsky", explica.

No Cata Preta, será possível conhecer as semelhanças entre o homenageado e Dvorák. "A linguagem e os temas são diferentes. Um é clássico e o outro, romântico. Mas na forma, a influência é claríssima", diz. Mas que isso não faça com que o evento pareça destinado apenas a iniciados. Florence fará comentários elucidativos e é possível, até, que algumas pessoas já conheçam a serenata Gran Partita. "Ela é muito tocada no filme Amadeus (de Milos Forman, vencedor de oito Oscar)", avisa. Já Eine Kleine Nachtmusik foi trilha sonora para filmes publicitários na TV.

"As serenatas são obras para ocasiões festivas, execuções ao ar livre. Mozart as fazia com muito prazer e esse era um estilo no qual ele caprichava especialmente", diz.

Programação

- Neste sábado, às 19h. Instrumentos de sopro da Orquestra Sinfônica de Santo André, mais contrabaixo e violoncelo. Regência: Flavio Florence. Programa: Serenata nº 10 KV 361 Gran Partita, de Mozart; Serenata nº 2, Op. 44, de Dvorák. No Auditório do Cesa Cata Preta. Grátis.

- Dia 1º (sábado), às 19h. Instrumentos de cordas da Orquestra. Regência: Claudia Feres. Programa: Eine Kleine Nachtmusik KV 525 e Serenata Notturna KV 239, de Mozart, e Serenata para Cordas op. 48, de Tchaikovsky. No Centro de Formação de Professores. Grátis.

- Dia 22 de abril (sábado), às 20h. Orquestra, solista Adriana Clis (mezzo-soprano), Coral Feminino de Santo André, Coral Infanto-juvenil Pio X e Coral Infanto-juvenil do Colégio Sagrado Coração. Regência: Flavio Florence. Programa: abertura da ópera La Clemenza di Tito, de Mozart, e Sinfonia nº 3, de Mahler. No Teatro Municipal de Santo André. Grátis.

- Dia 23 de abril (domingo), às 17h. Mesma formação e programa do dia anterior. Na Sala São Paulo. Ingresso: R$ 5.

- Dia 30 de abril (domingo), às 11h. Orquestra e solista Altamiro Carrilho. Regência: Flavio Florence. Programa popular. No Parque Central. Grátis.

- Dia 27 de maio (sábado), às 20h. Orquestra e solista Gilberto Tinetti (piano). Regência: Claudia Feres. Programa: Dança Brasileira, de Guarnieri; Le Tombeau de Couperin, de Ravel, e Concerto nº 1, em Ré Menor, Op. 15, para Piano e Orquestra, de Brahms. No Teatro Municipal de Santo André. Grátis.

- Dia 28 de maio (domingo), às 20h. Mesma formação e programa do dia anterior. No Teatro Municipal de Santo André. Grátis.

- Dia 24 de junho (sábado), às 20h. Orquestra e solista Igor Sarudiansky (violino). Regência: Flavio Florence. Programa: Capriccio Espagnol Op. 34, de Rimsky-Korsakov; Concerto nº 5 para Violino e Orquestra, de Vieuxtemps; Sinfonia nº 10, em Mi Menor, Op. 93, de Shostakovich. No Teatro Municipal de Santo André. Grátis.

- Dia 25 de junho (domingo), às 20h. Mesma formação e programa do dia anterior. No Teatro Municipal de Santo André. Grátis.

Endereços

Centro de Formação de Professores – r. Tirol, 5, Santo André.

Cesa Cata Preta – estrada Cata Preta, 810, Santo André. Capacidade: 200 lugares.

Parque Central – r. José Bonifácio s/nº, Santo André.

Sala São Paulo – praça Júlio Prestes s/nº, São Paulo. Tel.: 3351 8191.

Teatro Municipal de Santo André – Paço Municipal, s/nº. Informações gerais pelo telefone 4433-0789.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;