Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cuba vai retirar colaboradores da Venezuela


Das Agências

13/04/2002 | 12:45


Cuba anunciou neste sábado que evacuará de forma "ordenada e segura" seus colaboradores civis da Venezuela, menos os médicos. A decisão pode ser revista em caso de oposição da junta que sucedeu o derrubado presidente Hugo Chávez nesta sexta.

"Faremos uma retirada ordenada e segura (dos colaboradores) com exceção do pessoal médico, se o regime golpista não preferir privar o povo venezuelano de seu nobres e humanos serviços", disse o embaixador de Cuba nas Nações Unidas, Bruno Rodríguez Parrilla, num encontro político com a participação do presidente Fidel Castro.

Um total de 1.043 colaboradores civis cubanos estão na Venezuela, basicamente médicos, paramédicos, professores de educação física e técnicos, informou na véspera o chanceler Felipe Pérez Roque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;