Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sérgio Guedes tem pela primeira vez todo o elenco à disposição


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

30/04/2009 | 07:00


Pela primeira vez no ano, o técnico Sérgio Guedes poderá comandar um treino com todo o elenco do Santo André à disposição. O zagueiro Dininho, que era o único jogador no departamento médico, está recuperado da cirurgia na fíbula da perna direita e viajou ontem para Jacutinga (MG), onde juntou-se ao restante do elenco para iniciar a intertemporada, visando a Série A do Campeonato Brasileiro. O Ramalhão estreia do Nacional, dia 10, contra o Botafogo, no Estádio Bruno Daniel.

O treinador comemorou bastante o fato, principalmente pelo aspecto físico. "É importante equilibrar o time, ter todos os jogadores no mesmo patamar e mesmo ritmo, porque depois não dá tempo. O campeonato é muito pegado", comentou o treinador.

Na reta final do Campeonato Paulista e após o Estadual, além de Dininho, outros quatro jogadores passaram pelo departamento médico: Cicinho, Ricardo Conceição, Chiquinho e Júnior Dutra. Todos já estão liberados. Com isso, os 25 jogadores de linha e quatro goleiros estão em Jacutinga com condições de jogo.

Ontem o time fez um trabalho físico no Estádio Luiz Moraes Cardoso. Hoje, a equipe treina em dois períodos. Na parte da manhã realiza uma atividade física e à tarde um trabalho com bola. A expectativa é que, no domingo, seja realizado um jogo-treino, com adversário a ser definido.

RODRIGO FABRI - Recém-contratado pelo Santo André, o meia de 33 anos teve, em um passado recente, um histórico de lesões que o deixou de molho por muito tempo. Foi assim, por exemplo, no Figueirense, no ano passado, quando disputou apenas 20 dos 38 jogos do Nacional.

Para dar a volta por cima, o jogador já deixou avisou que, para voltar a render o que jogou na Portuguesa, no início da carreira não pode trabalhar no mesmo ritmo dos demais companheiros. "Nos últimos anos, sofri muito com lesões. Fui claro com o presidente (da Gestão Empresarial, Ronan Maria Pinto), com a comissão técnica e comuniquei que preciso de um trabalho diferenciado dos demais para a prevenir nova lesão. Preciso disso para buscar constância e regularidade", comentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;