Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Demônios da Garoa revisitados

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

08/06/2009 | 07:05


A música deles é o rosto da capital paulista. Eles respiram a vida do paulistano e falam sobre a garoa, a Avenida São João, o Brás e o Jaçanã. Inez, Mané e Arnesto são apenas alguns dos personagens que ilustram suas canções.

Há 66 anos, nascia em São Paulo o grupo Demônios da Garoa. Para comemorar aniversário, chega às lojas o CD Demônios da Garoa e Convidados, (Atração Fonográfica, R$ 20 em média).

Recheado com 12 músicas, o álbum chega em formato digipack, tem a capa ilustrada por foto da Estação da Luz e traz no encarte todas as letras.

Não bastassem clássicos como Apaga o Fogo Mané, Saudosa Maloca, Trem das Onze e Estação São Paulo, as releituras aqui encontradas trazem vozes de peso para homenagear o grupo paulistano. Zeca Pagodinho, Leci Brandão, Ivan Lins, Jair Rodrigues e Benito di Paula e o grupo Fundo de Quintal são alguns dos que fazem parte deste novo trabalho.

As músicas ganharam arranjos novos. Um dos destaques do álbum fica por conta da canção Iracema, de Adoniran Barbosa, que aqui é interpretada por Thobias da Vai-Vai, junto aos arranjos vocais dos Demônios da Garoa.

Canhotinho interpreta no cavaquinho a instrumental Ave Maria. Samba do Arnesto ganha versão ao vivo. Outro ponto alto do álbum fica a cargo da voz de Jair Rodrigues em Mulher, Patrão e Cachaça.

São as mesmas músicas, os mesmos clássicos de um grupo que canta há mais de meio século, agora com outras vozes, e no mínimo, tão belas quanto antes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Demônios da Garoa revisitados

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

08/06/2009 | 07:05


A música deles é o rosto da capital paulista. Eles respiram a vida do paulistano e falam sobre a garoa, a Avenida São João, o Brás e o Jaçanã. Inez, Mané e Arnesto são apenas alguns dos personagens que ilustram suas canções.

Há 66 anos, nascia em São Paulo o grupo Demônios da Garoa. Para comemorar aniversário, chega às lojas o CD Demônios da Garoa e Convidados, (Atração Fonográfica, R$ 20 em média).

Recheado com 12 músicas, o álbum chega em formato digipack, tem a capa ilustrada por foto da Estação da Luz e traz no encarte todas as letras.

Não bastassem clássicos como Apaga o Fogo Mané, Saudosa Maloca, Trem das Onze e Estação São Paulo, as releituras aqui encontradas trazem vozes de peso para homenagear o grupo paulistano. Zeca Pagodinho, Leci Brandão, Ivan Lins, Jair Rodrigues e Benito di Paula e o grupo Fundo de Quintal são alguns dos que fazem parte deste novo trabalho.

As músicas ganharam arranjos novos. Um dos destaques do álbum fica por conta da canção Iracema, de Adoniran Barbosa, que aqui é interpretada por Thobias da Vai-Vai, junto aos arranjos vocais dos Demônios da Garoa.

Canhotinho interpreta no cavaquinho a instrumental Ave Maria. Samba do Arnesto ganha versão ao vivo. Outro ponto alto do álbum fica a cargo da voz de Jair Rodrigues em Mulher, Patrão e Cachaça.

São as mesmas músicas, os mesmos clássicos de um grupo que canta há mais de meio século, agora com outras vozes, e no mínimo, tão belas quanto antes.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;