Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Greves de duas empresas de ônibus prejudicam 55 mil em SP


Do Diário OnLine

13/06/2001 | 08:43


As greves de duas empresas de ônibus que atuam na capital paulista prejudicam o transportes de aproximadamente 55 mil pessoas na manhã desta quarta-feira. Trabalhadores da Viação Santa Cecília (que circula nas zonas Sul e Oeste) pararam as atividades para protestar pela morte de um colega; enquanto os cobradores e motoristas da Viação Geórgia (zona Sul) decretaram greve por razões salariais.

Os 360 funcionários da Viação Santa Cecília paralisaram o trabalho a partir das 4h30 desta quarta-feira para protestar pelo assassinato motorista Antonio Barbosa de Souza, 46 anos, morto por dois bandidos na terça-feira, durante assalto a um ônibus. O crime ocorreu na Avenida Carlos Lacerda, Campo Limpo, por volta das 11h30.

O protesto dos 720 funcionários da Viação Geórgia começou às 0h e tem como objetivo pressionar a empresa pela pagamento de benefícios devidos. Os cobradores e motoristas pedem o pagamento do 13º salário de 2000 e os salários atrasados de janeiro deste ano, além da reposição dos tíquetes refeição relativos ao mês de maio.

A SPTrans colocou em ação o Plano de Auxílio entre as Empresas em Situação de Emergência (Paese) para remediar a situação nas regiões afetadas pela greve.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Greves de duas empresas de ônibus prejudicam 55 mil em SP

Do Diário OnLine

13/06/2001 | 08:43


As greves de duas empresas de ônibus que atuam na capital paulista prejudicam o transportes de aproximadamente 55 mil pessoas na manhã desta quarta-feira. Trabalhadores da Viação Santa Cecília (que circula nas zonas Sul e Oeste) pararam as atividades para protestar pela morte de um colega; enquanto os cobradores e motoristas da Viação Geórgia (zona Sul) decretaram greve por razões salariais.

Os 360 funcionários da Viação Santa Cecília paralisaram o trabalho a partir das 4h30 desta quarta-feira para protestar pelo assassinato motorista Antonio Barbosa de Souza, 46 anos, morto por dois bandidos na terça-feira, durante assalto a um ônibus. O crime ocorreu na Avenida Carlos Lacerda, Campo Limpo, por volta das 11h30.

O protesto dos 720 funcionários da Viação Geórgia começou às 0h e tem como objetivo pressionar a empresa pela pagamento de benefícios devidos. Os cobradores e motoristas pedem o pagamento do 13º salário de 2000 e os salários atrasados de janeiro deste ano, além da reposição dos tíquetes refeição relativos ao mês de maio.

A SPTrans colocou em ação o Plano de Auxílio entre as Empresas em Situação de Emergência (Paese) para remediar a situação nas regiões afetadas pela greve.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;