Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Investimento público ajuda habitação


Da Agência Brasil

23/03/2010 | 07:00


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que está havendo movimento migratório inverso no País ao que ocorreu durante as décadas passadas. Segundo ele, muitas pessoas estão deixando as cidades para voltar a morar no campo, em razão da melhoria em infraestrutura e financiamento rural.

Ele também destacou que o governo está investindo em saneamento e programas de habitação nas grandes cidades. "Vocês vão perceber um fenômeno que está acontecendo no Brasil. Em muitos casos, está havendo êxodo ao contrário. Pessoas das cidades estão voltando para o campo. Isso porque temos grande política de financiamento para a agricultura familiar", afirmou Lula, que também citou a melhoria na eletrificação rural como fator de atração: "Levamos luz elétrica a 12 milhões de brasileiros que moravam no meio do mato".

Lula participou da abertura, no Rio de Janeiro, do 5º Fórum Urbano Mundial das Nações Unidas, que reúne cerca de 20 mil participantes, até o dia 26, na zona portuária. Ele aproveitou para falar da mudança de paradigma no investimento público nos últimos anos, lembrando que houve um período em que esse tipo de gasto não era bem visto pelos governantes.

"Houve um tempo em que não era prudente fazer investimentos para resolver os problemas crônicos das grandes cidades. Esse negócio de ficar enterrando tubo em baixo da terra para carregar esgoto não podia fazer propaganda eleitoral. É por isso que tinha cidades importantes que tinham coleta de esgoto, mas não tinha tratamento. O importante era fazer viadutos", lembrou Lula.

O presidente também ressaltou os investimentos em habitação e comemorou os últimos resultados no setor de financiamento público. "Neste País nunca se trabalhou tanto a urbanização de favelas, nunca se construiu tanta casa. A Caixa aprovou em financiamento, nesses dois primeiros meses de 2010, mais dinheiro do que todo ano de 2005", disse ele.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;