Esportes Titulo
Só falta o grito de tetracampeão para o Corinthians
Por Raphael Ramos
Enviado a Goiânia
04/12/2005 | 08:18
Compartilhar notícia


O título de campeão brasileiro é esperado há cerca de 20 dias, desde o confronto contra o São Caetano, a 16 de novembro. Mas é apenas neste domingo, a partir das 16h no estádio Serra Dourada, em Goiânia, que a torcida do Corinthians poderá soltar o grito de tetracampeão. O Timão enfrenta o Goiás com uma vantagem pouco vista nos últimos anos. Além de três pontos a mais do que o segundo colocado Internacional, a equipe também ostenta um saldo de cinco gols a mais que o adversário. Assim, o título pode ser conquistado até em caso de derrota.

Mas não é isso que os jogadores esperam. Depois de não conseguirem garantir o tetracampeonato nacional em São Paulo, quando atuou nas últimas duas rodadas diante de Internacional e Ponte Preta, o Corinthians jogará em Goiânia como se fosse dentro de sua própria casa.

A Fiel está longe de promover uma invasão em Goiás como a de 1976 na semifinal do Brasileiro contra o Fluminense no Rio de Janeiro, mas a capital goiânia já está pintada de preto e branco à espera do jogo desta tarde. A expectativa é que os corintianos sejam a maioria nas arquibancadas do Serra Dourada, apesar da insistência dos esmeraldinos, que mesmo sem ambições no Nacional, querem estragar a anunciada e esperada comemoração paulista no Planalto Central.

“O calor da torcida é muito grande e esperamos retribuir este apoio com a conquista do título”, disse o lateral-direito Coelho, que ganhou uma vaga entre os titulares depois da suspensão de Eduardo Ratinho devido ao acúmulo de três cartões amarelos.

Para o atacante Nilmar, a conquista do título em terras goianas será importante para valorizar a projeção nacional do Timão. “Onde o Corinthians vai, a torcida está presente. O Corinthians é apoiado em todo o Brasil e isto é importante para nós, jogadores, atuarmos com tranquilidade em qualquer estado”, afirmou.

Nova fase – Caso confirme a vantagem sobre o Internacional e arrebate esta tarde seu quarto título brasileiro, o Corinthians iniciará uma nova fase de sua história, já que os três nacionais conquistados anteriormente foram ganhos em São Paulo, no estádio do Morumbi.

Apesar de empurrada pela sua fiel torcida, o Timão entrará em campo neste domingo com uma formação mais cautelosa em relação à vitória por 3 a 1 diante da Ponte Preta no último domingo. Wendel entra na vaga do zagueiro Betão, suspenso, e o volante Bruno Octávio ocupa o posto do meia Elton. Marcelo Mattos também deve jogar mais recuado, numa espécie de terceiro zagueiro. “Temos de saber jogar com essas vantagens sobre o segundo colocado, por isso não adianta querer se arriscar tanto ao ataque. Vamos explorar a velocidade dos contra-ataques, como o Corinthians vem jogando durante todo o campeonato”, disse Nilmar.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;