Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Revista britânica compara Roraima à Iugoslávia


Do Diário OnLine
Com Agências

16/01/2004 | 11:22


A revista britânica The Economist comparou, na edição desta semana, o Estado de Roraima à Iugoslávia. O motivo é o conflito gerado por índios e fazendeiros da região brasileira contrários à homologação da área indígena Raposa Serra do Sol, na fronteira com a Guiana e a Venezuela.

Segundo a reportagem, a decisão do governo federal em prosseguir com a homologação “dividiu completamente” o Estado, cenário que mais se parece com a Iugoslávia do que com o Brasil. “Boa Vista (capital) tem um clima etnicamente carregado, mais característico dos Bálcãs do que do Brasil”, diz o texto da revista intitulado “As guerras indígenas da Amazônia”.

A reserva indígena abrange dois municípios (Uiramutã e Pacaraima), plantações de arroz e algumas fazendas. Das 19 mil pessoas que moram na localidade, 7 mil são não-índios. Caso a área fosse homologada em forma de ilhas, as cidades e as propriedades particulares ficariam de fora. Com a homologação contínua, entretanto, tudo terá de ser remanejado e os não-índios serão retirados da região.

Além dos protestos de fazendeiros, algumas entidades indígenas também são contrárias à homologação por acreditar que ela poderá gerar um "gigantesco e sangrento" conflito com os não-índios. A Sociedade de Defesa dos Índios Unidos de Roraima (Sodiur) argumenta ainda que os indígenas não querem ser isolados na aldeia e privados do desenvolvimento científico, tecnológico e humanístico.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista britânica compara Roraima à Iugoslávia

Do Diário OnLine
Com Agências

16/01/2004 | 11:22


A revista britânica The Economist comparou, na edição desta semana, o Estado de Roraima à Iugoslávia. O motivo é o conflito gerado por índios e fazendeiros da região brasileira contrários à homologação da área indígena Raposa Serra do Sol, na fronteira com a Guiana e a Venezuela.

Segundo a reportagem, a decisão do governo federal em prosseguir com a homologação “dividiu completamente” o Estado, cenário que mais se parece com a Iugoslávia do que com o Brasil. “Boa Vista (capital) tem um clima etnicamente carregado, mais característico dos Bálcãs do que do Brasil”, diz o texto da revista intitulado “As guerras indígenas da Amazônia”.

A reserva indígena abrange dois municípios (Uiramutã e Pacaraima), plantações de arroz e algumas fazendas. Das 19 mil pessoas que moram na localidade, 7 mil são não-índios. Caso a área fosse homologada em forma de ilhas, as cidades e as propriedades particulares ficariam de fora. Com a homologação contínua, entretanto, tudo terá de ser remanejado e os não-índios serão retirados da região.

Além dos protestos de fazendeiros, algumas entidades indígenas também são contrárias à homologação por acreditar que ela poderá gerar um "gigantesco e sangrento" conflito com os não-índios. A Sociedade de Defesa dos Índios Unidos de Roraima (Sodiur) argumenta ainda que os indígenas não querem ser isolados na aldeia e privados do desenvolvimento científico, tecnológico e humanístico.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;