Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ativista palestino morre em ataque israelense em Jenin


Da AFP

13/06/2006 | 21:09


O Exército israelense matou na noite desta terça-feira um ativista palestino das Brigadas dos Mártires de Al Aqsa, durante uma incursão na cidade de Jenin, norte da Cisjordânia, informaram fontes de segurança e médicas.

Muhamed al Wahsh, de 22 anos, morreu num tiroteio com tropas israelenses que entraram no hospital do centro da cidade atrás de alguns homens procurados por Israel.

Uma porta-voz do Exército hebreu confirmou que uma operação conseguiu identificar e matar um homem procurado por Israel. "As forças que operam em Jenin identificaram o ativista e abriram fogo contra ele".

Pouco depois do incidente, ocorreu um tiroteio entre homens armados palestinos e tropas israelenses, e dezenas de jipes do Exército hebreu cercaram o hospital de Jenin, informaram fontes palestinas.

As Brigadas dos Mártires de Al Aqsa, grupo armado ligado ao Fatah, o movimento do presidente palestino, Mahmud Abbas, estão por trás de vários ataques contra objetivos israelenses nos últimos meses.

Com mais este óbito, chega a 5.016 o número de mortos desde o início da atual Intifada, em setembro de 2.000, a maioria palestinos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;